Arquivo da categoria: Polishop

Audaciosamente indo aonde anunciante algum jamais esteve

Diariamente, as 8 da manhã, a Band está exibindo um programa chamado Novas Idéias, com dois apresentadores que, quem assiste TV a cabo está cansado de ver: Tony e Waline, conhecidos por apresentar programas da Polishop. Inclusive, o primeiro, se os meus ouvidos não me enganam, é o locutor desses comerciais. E se dá ao luxo de não usar mais da metade dos produtos anunciados, o cara tem uma barriga de tanque de petróleo, que nem eu…
O programa pode ser definido como uma… hã… “versão estúdio” do Shop Tour. Vários quadros que, mesmo com contéudo, fazem propaganda de seus componentes – a própria Polishop, inclusive, como se eles não tivessem nada a ver com isso – lembre-se, o slogan da PS é “Novas idéias facilitam sua vida”! Com direito até a grandes anunciantes, como a Riachuelo, um tanto sumida dos comerciais de TV ultimamente. Enfim, estilo Shoptime total, como naquele clássico programa onde Rodolfo Bottino misturava alguma coisa com uma colher de pau e… esta estava à venda, aparecendo o preço na tela e tudo o mais.
Só que tem uma coisa: aparentemente o programa não é produção independente, embora a Polishop já tenha suas próprias instalações (existe até o canal Polishop TV para as parabólicas). O GC é da Band mesmo. Quer dizer, os caras subiram um degrau, como já se cogitou em fazer com as Casas Bahia – foi sugerido há algum tempo que houvesse um game show das Casas Bahia, para ficar no lugar do R.R. Soares, inclusive apresentado pelo Fabiano Augusto (garoto-propaganda na época). Poderia até ser um programa interessante, mas as Casas Bahia não aceitaram, talvez receando uma superexposição da marca.
Enfim, acho que não são apenas os saudosistas que gostariam que voltassem a existir programas com nome de anunciantes (Repórter Esso, Patrulheiros Toddy, Grande Gincana Kibon, etc.). Acho que os próprios anunciantes e as emissoras também…