Vacas me mordam!

Eu sou assinante TVA oriundo da antiga Multicanal. A Multicanal não precisava de aparelho decodificador, e por isso tem terminais de cabo em todos os quartos do meu apartamento, como se fosse de antena coletiva. Já a TVA tem… Resultado, nos antigos cabos da Multicanal só pegam canais abertos, o Canal Revista e alguns canais desinteressantes, os demais não pegam.

Tá certo, o que isso tudo tem a ver com vacas?! Bem, é o seguinte. Estava eu ontem, mudando de canal, quando me espantei com as imagens que estavam sendo exibidas no “canal revista”, nesse canal são mostrados os programas que estão sendo exibidos junto com comerciais ou imagens ao vivo dos canais. E nessa estava passando a série “As visões de Raven”, do Disney Channel.

A série é estrelada por Raven Symoné, que começou na TV com menos de 5 anos no programa do Bill Cosby – esse eu já assisti, pela Multicanal… Mas vamos lá. O mote da série é que Raven começa a “viajar” com a cabeça e a pensar coisas absurdas. E no episódio, Raven e uma amiga dela estariam enfeitissadas… e estavam virando vacas. Vacas. E que beleza de vacas!

Não, gente, elas estavam só com efeitos de maquilagem (não era animação, computação gráfica, nada, a série é em vídeo), e estavam incrivelmente convincentes nesse, digamos, papel… Gente do céu, que maquiagem mais bem feita. Se o “Xuxa no mundo da imaginação” fosse assim, ela tava com 40 pontos de Ibope. (Na verdade, o programa que ela fez nos EUA era mais ou menos assim, ela era acompanhada de algumas pessoas maquiadas como animais, mais precisamente um panda e uma onça, mas de uma forma extremamente bem feita – emparelhando com Raven e a outra que eu não sei o nome.)

Meu, se eu encontro uma vaca daquelas, eu peço em casamento – “casa, comida, três milhão por mês fora o bafo”, já diria o Mussum.

Gente do céu. Alô, Maurício de Souza, Rede Globo, Rede Record, vamos acordar, meu filho! Quer apostar que ninguém aqui no Brasil consegue fazer maquiagem nesse nível, infelizmente? Sempre fica aquela cara meio de “segunda série do primeiro grau”?… Será que vamos emparelhar com eles somente nos desenhos animados, e não nas séries em vídeo com personagens ficcionais?

Por prosa, chega de hoje.

(EDIT: Esqueci de que existe sim um artista brasileiro que faz esse tipo de coisas: Orival Pessini, que faz as próprias máscaras de seus personagens Patropi, Juvenal, Fofão, Sócrates e MilSons Nascimento. Mas por enquanto é só ele, que não está muito presente na mídia atualmente.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s