Pay-per-view-lhes parte II…

Novidades sobre as misteriosas intenções de “Antônio Silveira Lopes Jorge Show” e seus comandados sobre o misterioso novo site do Pânico. Aparentemente o endereço visa apenas a transmissão via Internet de imagens do programa do rádio, que já estava ficando prejudicada por causa do grande número de pessoas. Mais ou menos o caso das emissoras da Colômbia, Peru e Venezuela que exibem episódios de Chaves inéditos no Brasil.
Se não me engano, as imagens são feitas pelo Vírgula e a transmissão é feita pelo Terra.

“Os pobrema, ténica” é que um número muito pequeno dessas pessoas estaria plenamente disposta a pagar pra ver Senna gaguejar e Amanda detonar os convidados. É aquele número de pessoas que paga um “número 1” do McDonald’s pros seus 7 amigos no meio da semana, sem que seja aniversário de ninguém… sentiu o drama? Pois é, rapeize. Que nem eu há 10 anos atrás, quando ia comprar salgados no intervalo do cursinho. A coxinha custava 1 real, mas o que eu via de gente com nota de 10 e de 50 reais na fila pra comprar a mesma coisa não estava no gibi. E olha que naquela época eu estava bem de $, já hoje estou latindo pra economizar cachorro.

O curioso são as perguntas que o blog oficial do programa está fazendo. As perguntas sugeririam mudanças radicais no programa, entre elas se o Pânico da Jovem Pan 2 tivesse apenas Emílio Surita e Marcos Chiesa, e se este último passasse a ser um bom menino. Embora as coisas do jeito que estão já não eram do gosto pleno dos telespectadores – tudo idéia do Tutinha, seguidor de Howard Stern, que nos EUA também xingava as pessoas que ligavam pra rádio e nem por isso deixou de ser um sucesso – e se mudar agora? Será que vai dar certo ou não?
Parece que eles já tentam… No dia em que Sílvio Santos estava na Jovem Pan negociando o contrato da turma com o SBT, o programa ganhou um novo apresentador por alguns minutos, enquanto Emílio e Tutinha conversavam com Abravanel: o Repórter Vesgo, que apresentando o Pânico do rádio foi um desastre, segundo o “Blog dos Ouvintes do Pânico”…

Enfim, gente, os Pânicos são como a vida, as vezes eles mudam e a gente tem que “se acostumar-se-lhes”, e se não gostamos, buscamos os nossos próprios caminhos. Desculpem imitar o Djalma Jorge neste blog tantas vezes, mas ele é um dos meus imitados preferidos, e eu gostava pra caramba desse programa, e ainda gosto, mesmo depois de descobrir quem estava por trás do personagem, um cara que pode ser, digamos assim, uma versão mal-humorada do Chespirito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s