Nhaehperáááánça…

Sabe aqueles programas que passaram quinta, sexta e sábado na Band, o Minha Esperança? (O título do post é em homenagem aos cantores hispânicos que cantam a música-tema em português) Que contaram com a participação inclusive de pessoas que você conhece, como Kaká (com depoimento gravado na Itália!!), César Sampaio e Percival de Souza, entre outros?

É engraçado como são as coisas (Não, a Salt Cover não teve nada a ver com isso, inphelismente) Mas fiquei sabendo em junho que isso iria passar no Brasil, depois de ser exibido em todos os países da América Latina. Eu fiz as gravações com dois dos ‘cabeças’ dos que trouxeram isso para o Brasil, além do pessoal da Associação Evangelística Billy Graham, que foram incluídas em um DVD para pastores. Portanto, ninguém de vocês viu nada, mas não tem problema, esse é o meu trabalho, Brasil…
Também conheci pessoalmente, há 2 anos, o locutor e apresentador Fausto Rocha (ele trabalhava no SBT, nos anos 80, em plantões de notícias), que nesses programas se tornou o dublador ophisial de Billy Graham – e não perdeu o “boneco” (como se diz no meio de dublagem) nem durante o filme Compromisso Precioso, no qual Billy Graham faz uma ponta. (Eu vi, sei lá se os meus jefes iriam cobrar alguma coisa depois. É um dramalhão, mas dava uma boa Sessão de Gala.) Aparentemente o trecho foi redublado, porquê o som estava muito melhor que o som da dublagem – carioca, inclusive, contando com dubladores do nível de Orlando Drummond, Selma Lopes, e o saudoso Newton da Matta, falando terminologia evangélica e tudo o mais.
E, já que estamos no ramo, milagre: o filme (telefilme, mas tá valendo) é de 1999. A maioria dos filmes evangélicos distribuídos no Brasil são velhos pra dedéu, são no máximo do início dos anos 80. Um produtor desse segmento que cheguei a conhecer me disse que o dinheiro rareou pro pessoal naquela época, mesmo nos EUA, e a produção caiu muito. Lembrando que ninguém tinha como bajar los philmes que eles faziam em 1984, portanto acho que tem uma galera aí que está reclamando de barriga cheia (imagine o Jabba the Hutt, depois de uma sessão de Boi no Rolete. Segue, ténica, segue.)

E agora, algunas cositas que vocês não sabem sobre o Minha Esperança. Foi investido um valor muito alto para que esses programas fossem exibidos nesse horário – alguns milhões de reais, dispendidos bem antes da “crise mundial”. Esses programas, com outros depoimentos, já foram exibidos em todos os países da América Latina, e o Brahhhil era o último que faltava.
E chegaram a ser procuradas as emissoras Globo e Record. A primeira rejeitou exibir os programas (embora o preço fosse suficiente para pagá-los!!) porquê disse que já estava com a agenda fechada de programação até o final do ano, uma explicação até que razoável. Já a segunda, a minha phonte não deixou muito claro o motivo, mas parece que a IURD encarou Billy Graham, um dos maiores evangelistas do mundo, como concorrente, assumindo portanto seu caráter sectário, já que todos os demais evangélicos do Brasil (rivais da IURD e todos os outros) estavam apoiando essa campanha.
Ah, Sport Billy Graham acaba de fazer 90 anos, portanto a mensagem dele no programa deve ser dos anos 90. Em 2006 foi feito um evento no Central Park, em Nova Iorque, onde Graham se “aposentava” como pregador. Dizem que parou a cidade…

[Cometi uma gafe federal, estadual e municipal: o Grammy é na próxima quinta, en la tela da Band.]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s