Mas agora eles só tem o dia 19 de abril

E com dois dias de atraso ou mais, vamos ao que rolou no Pânico na TV.
Mulher-Samambaia, curiosamente, aparece no palco, embora não participe das matérias. Muitos aphirmam que ela fará parte do reality show The Farm Brasil, cujo elenco está sendo mantido em sigilo (a menos que a Folha descubra, e a menos se a Rede Record mandar ela pra Osasco nos finais de semana, mas segue, ténica)

– Reprise mandrake de uma matéria da semana passada, Christian Pior e Robaldo Ésperman entrevistando o pessoal do BBB9. Emílio diz que “faltou algo” na matéria. Também não consegui descobrir o que é, e acho que por isso que uma matéria que foi anunciada (veja mais adiante) não foi ao ar e corre o risco de ficar engavetada, assim como várias outra,s, como as gravadas pelo Marcelo Senna e pelo “Gluglu 2008”, que já postou comentários neste blog. Emilhaça, Emilhaça… Corra que o Miпiѕτério das Cомцпісаҫõεѕ vem aí.

Pânico Delivery – Mais um alcoolizado voltando pra casa, e, contrastando com o agressivo da semana retrasada e o chapado da semana passada, desta vez um cara um pouco “menos” trêbado. E que não assiste o programa: ele chamou outra modelo (Dani Bolina, provavelmente, não sei o nome dessas novas) de Samambaia, e esta levou na esportiva. O que abriu uma margem de especulação: e se fizerem com esse ‘papel’ o mesmo que fizeram com o Gluglu, isto é, uma ‘nova’ samambaia, se ela for mesmo pra Record?… Mêda!

Vesgo e Sílvio em “No Pants”, invadem o meu habitat, o metrô de São Paulo, na estação Paraíso, passei por lá anteontem. Um flash mob fez um monte de gente tirar as calças para ir ao metrô. Putz, um dos caras estava todo desfigurado por tatuagens, piercings e até botoque (tipo aquilo que o Cacique Raoni usa no lábio inferior), o patrão dele deve ser gente finíssima, além do cara do Poupatempo (recentemente saiu por aí o caso de uma pessoa que não conseguiu tirar foto do RG com camisa do Corinthians, embora a legislação não proíba isso).  O flash mob parece que deu certo e rendeu bem mais imagens do que seus similares importados. E melhor, nada de Marcha Imperial para os nossos queridos metroviários! Belê, mas até agora, nenhum quadro que eu quisesse passar de VHS pra DVD.

– Materia investigativa com Sabrina Sato e Christian Pior visita a Vila Cruzeiro (Rio de Janeiro), para perguntar: o que fez Adriano trocar Milão por sua inóspita terra natal? Pensei que seria uma matéria intragável, devido aos seus âncoras, mas até que foi razoável, deu uma variada no clima vip high society predominante nas matérias do programa. Um morador da Vila Cruzeiro começa a se tornar astro de vinhetas nonsense do programa e tenta eclipsar o “Ronaldo”.  Apesar de Adriano ter saído de Milão, sua genitora continuou por lá e não quis dar entrevista ao programa, pelo jeito agora só fala com o Globo Esporte ou com o Galvão Bueno, naquele quadro novo do Esporte Espetacular… Mendigo, que é da turma, diria nessas horas: “Já é a arrtista“. Fez falta, nessa hora.

Amaury Dumbo visita o teatro Sérgio Cardoso, junto com Maria João (Paulinho Serra) e Freddie Mercury Prateado, por causa de uma peça com Rogéria e Alessandra Maestrini. Mas depois de tudo o que acontece, você nem se lembra disso… Caramba, quem era aquele maluco de moleton branco?  E, quem diria, Ed Motta aprovou o sabor de Yp*roca!!

– Matériazinha sobre Tiradentes meio estranha, estilo TV Cultura ou CQC, estava meio “inteligente demais” para o estilo do programa. Deve ser produção do portal Vírgula.

Vesgo e Sílvio atrás da Musa da Beleza Interior capítulo sei lá quantos. O primeiro cara que aparece na reportagem deve ser algo combinado, não é possível, por muito menos a RedeTV! saía do ar. O trocadilho com as “velas” até eu demorei pra entender. E caramba, MAIS UM coreano que entende a música ‘tchucahamida’, eles estão dando sorte com humor estrangeiro. Kd essa música pra Ƌ○ẁпɭɵɑɗ??? (força na Lucida Sans Unicode!)
Ah, esqueci de escrever: o cara do “Cadê o Chinelo” voltou semana passada, e apareceu mais uma vez hoje, achando o chinelo. Nossa, o papo dele me lembrou o Ademir do Arari, que até fez uma improvável música sobre o tema. E o clip das candidatas tava “O” horror, espero não ter pesadelos. Mais do que o clip do “tchaco tchaco”, que deve ter demorado 4 horas pra renderizar no Final Cut Pro (e força no кєуɢɛɴ!)

César Polvilho entra em cena para encontrar um torcedor do Corinthians que a Sabrina prometeu dar um beijo nele. Apesar de Cesão não ser “õõõõ impostor”… não é que ele achou?? Está preparada mais uma novelinha para a semana que vem. Dammit, podia acabar hoje mesmo.

Repórter Corujinha aparece pela primeira vez em vôo solo (fora do bloco Olimpíadas do Pânico), perguntando a personalidades (e que personalidades) do meio esportivo a respeito do GP da China de Fórmula 1. Caramba, mas que portfólio desgraçado, o cara só tem mal-humorados na agenda, eu, se fosse jornalista, nessas horas, iria vender pastel. Sei lá como este quadro é feito originalmente, mas deve ter 3 toneladas e meia de montagens aí.

José Toalha atacando novamente. Agora, além de repetitivo, é curto. Será que o pessoal do Beto Carrero World sabe que esse quadro existe??

Carioca ataca de índio pelas ruas de São Paulo, comemorando o Dia do Índio. Pra quem já saiu “pelado” (entre aspas) como Robaldo Ésperman, isso é fichinha! Mas valeu a lembrança.

Momento Amy: desta vez ela barbariza em um acampamento. Nesta temporada ela tem que disputar a atenção com rivais, só que desta vez pegaram pesado e ainda por cima o outro cara ficou com fama duvidosa. Desta vez é “UM” rival, o Repórter Vesgo Cover! É mole?! As reações da Amy estão cada vez mais compreensíveis… e a surra vem em grande estilo, com tiradas que lembram desenho animado. Sobrou até pro… Ovelha?!

“Ninguém estaciona a 9000 giros!!”

Dicas com Marcos Chiesa: quem disse que spinoffs não podem dar certo? Geraldo Magela, que já cortou o cabelo do Bola, volta fazendo várias atividades que causem risco ao Bola. A galera curtiu o Magela dando marteladas em um prego.  Menos pior do que o da semana passada, menos pior que o do churrasco na turbina, mas ainda perde para outros momentos que já houveram.
A poprósito, ontem um colega phamoso de GM esteve no Brasil, Andrea Bocceli. Ao contrário de Magela, Boccelli se recusa a falar sobre as implicações de sua condição de não-usuário do sucessor do Windows XP (piada o’river, desculpem aí.)

– Mais um capítulo da novela de Vesgo vs. Stallone. Na verdade, de peruca, na academia, ele não parecia o Stallone, parecia mais o Fausto Fanti, o “Renato” de Hermes & Renato.  Mas Sílvio, como Apollo Doutrinador também estava duro de ser reconhecido. Não sei por quê, mas eu  rachei de rir com Will Smith, Pelé e Obama bigodudos, entre outros.
Lúcio Mauro Sênior fez uma ponta na matéria, sem dizer nada. Recentemente ele criticou o Pânico na TV na imprensa. Vesgo desafiou outro astro de Hollywood: o que mais está à mão, Rodrigo Santoro. Adivinhem el resultado… Enfim, uma matéria bem sausage filler, só valeu pelas reconstituições de cenas do Rocky, com direito até a frigorífico, copo de ovos e corrida de galinha!
Alguns artistas, durante a matéria, fizeram pouco da lei antifumo de José Serra, eu se fosse esse, tomava providências… E, caramba, CROSSOVER de personagens secundários já é demais: Osimar de Oliveira x Tia do Pânico, não dá, né? O resultado foi um morno zero a zero, e quem sai perdendo é a comunicação, enquanto ciência. Nesse gênero não-comunicativo sou mais o Patropi: “Sei lá, entende?…”

O Impostor, já escolado por Sylvester Stallone (ele conseguiu tirar uma foto com Sly) tentou entregar um quadro de arte pseudo-moderna (na realidade, dadaísta) para Max, vencedor do BBB9.
Bem, se até astro de Rolywoód fora de seu habitat natural ele consegue, porquê não um famoso por 15 minutos? Mas eu fico com a opinião de alguns comentários do Universo Pânico, mesmo, o cara meio que se rebaixou. Sei lá. Astros da Globo, eu sou mais Tarcísio e Glória. Esta matéria foi talvez a recordista em teasers na história do programa. Teasers demais para o tema.
E o lance do quadro me lembrou a obra-prima de Marcos Mion, o quadro Guerrilhas Urbanas, do Descontrole (2002), que deve ter dado mais processos em 6 meses do que o Pânico em 7 anos. Esse foi o nome também de um quadro, físico, desses de pendurar na parede, de pseudo-arte moderna pintado por Mion e que ele tentou colocar em exposição em um museu.

– Uma matéria que parecia prometer muito acabou não sendo exibida, um suposto encontro de Sabrina com o cirurgião Robert Rey, que esteve no Brasil na semana passada. Duas matérias tendo Sabrina como foco já é um pouco demais… Muito embora acho que essa não vai ficar engavetada, por ordens expressas do sr. Amílcare Alburquerque, digo… Mas aquela reprise hija de la madre da matéria com os BBBs9 deve ter sido a culpada por isso.
E que semana que vem, seja melhor.
[ EDIT: Às vezes, o lado B da Internet desperta e atende os nossos desejos. Veja aqui, no Vírgula, a matéria que não foi exibida. E rápido! Sei lá se eles vão exibir isso semana que vem ou não. Dica do Universo Pânico.]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s