Quadriculada e com interrupções

Bem, é mais ou menos assim que estou vendo a RedeTV! agora, repleta de interferências deveras irritantes – aliás, idênticas às que se tem assistindo a mesma emissora em TV digital… (eu assisto através do receptor Aiko HD-1018).  E os numerosos anunciantes do Pânico na TV agradecem… Espero que até sexta eles tenham resolvido isso (afinal, que  funcionários, em todo este Brasil,  tem longos CINCO DIAS para resolver um problema urgente desses?…) E que meu cérebro faça o favor de sintonizar na RedeTV! na sexta e esperar o final do Secsolândia, digo, Superpop, em um horário em que geralmente eu estoui trabalhando… HrRRrRedeTV, uma TV de primeira, porquê se engatar a segunda, sai do Centro de Televisão Digital.

Em breve, o que eu conseguir enxergar desse Pânico na TV.

Anúncios

2 Respostas para “Quadriculada e com interrupções

  1. Igor, obrigated por divulgar a campanha do teipe desaparecido! sabia que podia contar com você nessa empreitada!!

    tenho uma dúvida para tirar que talvez você possa resolver… da série: diga-me onde moras (estúdios de tv)

    Afinal, onde era gravado o programa Super Market da TV Bandeirantes? Aquilo não era feito de jeito nenhum em estúdio, mas que supermercado ficava fechado para as gravações?

    abraço!

    PS: você é a única pessoa que conheço que é assíduo telespectador da Errei de TV…

    > Pois é. Amílcare, Marcelo, tem como cêis me convidarem pra um caphezinho aí em Osasco? Quanto ao Supermarket, novidades procêise. Segundo esta entrevista de Ricardo Corte Real, ficou primeiro no estúdio B da Bandeirantes, depois em outro (estúdio A da Band, o do auditório? ou produtora independente, sei lá) e depois, o mais curioso: em uma galeria na Domingos de Morais. Eu caí pra trás, porquê acho que conheço esse lugar (do lado do Bradesco, no largo Ana Rosa), muito embora eu só olhasse praquele lugar vazio e falava: caramba, aí eu faria um estúdio de televisão… Ou também pode ter sido, de forma mais oficial, o Teatro Dias Gomes, que também fica numa galeria nessa rua (só que eu não sei o tamanho desse teatro). Depois teve uma fase na Record com o programa sendo apresentado pelo Zé Luiz (um dos garotos-propaganda das Casas Bahia, apresentador do Shop Tour), mas nunca notei mudanças profundas no programa por conta disso.
    Uma curiosidade que marcou esse programa, pra mim, foi que um dos vencedores foi um dos meus ex-professores de colégio (foi em 1994, eu concluí o segundo grau em 1993), e foi logo um dos que eu mais gostei de ter tido aulas com ele.

  2. UPDATE: É realmente perto do Metrô Ana Rosa, do lado de um Bradesco. O lugar era um cinema e atualmente pertence à produtora Casablanca, que grava lá o programa Um contra Cem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s