Pânico, a gente se P por aqui

Nesta semana, algumas novidades e algumas velhidades na área. Curiosamente, no palco do programa, uma equipe reduzida: apenas Dani Bolina (panicat “promovida” a apresentadora), Bola e Carioca, além de Vesgo e Sílvio do outro lado. Sabrina está no exterior, junto com Cristian Pior.
(Posso estar errado, não me lembro quem mais estava no palco além de todos esses e Emilhaça).

Malisa, a Menina Monstro volta a dar as caras após a imensa repercussão na mídia da relação aparentemente conturbada entre Maísa e Silvio Santos. Aparentemente, porquê, por incrível que pareça, Maísa gosta de Sílvio! O quadro, no entanto, não tem nada a ver com qualquer dos episódios que inspiraram a celeuma (peruca, susto do monstro e batida da cabeça na câmera), o quadro tinha temática indiana. Portanto, não achei lá muita graça, ainda mais com o Couve Santos.

Pânico Delivery. Os que acompanham o quadro habitualmente não acharam muita graça, já eu achei. Curiosamente eles pegaram um cara atípico, que transitava na fronteira entre a zé-gracisse saltcoveriana e a chatice de galochas, ao contrário dos agressivos e lascivos clientes habituais do PD. E embora tivesse as Panicats perto dele, ele tinha 75% dos olhos para Paula, uma produtora. O cara até elogiou os pais, á sua maneira, mas que, puts, eu ficaria orgulhoso. Enfim, um quadro distinto do convencional.

César Polvilho encara uma aventura inédita: ele se encontra com uma equipe de produtores pra lá de independentes, de Manaus, que fazem a série de filmes Rambú. E junto com eles, saiu mais um philme da série. Claro, no padrão Salt Cover de qualidade, mas que para o Pânico na TV é fichinha, seria fácil até mesmo antes da fase Kaiser. Um filme até que surpreendente, com suspense e reviravoltas inesperadas – um antigo vilão de outro filme ajuda o protagonista a se safar do vilão interpretado por Polvilho. Ah, Rambú é, como posso dizer, parece o ET (do Rodolfo) depois de algumas décadas de musculação.
Esse tipo de produções amadoras não é novidade pra mim, já ouvi falar de pelo menos mais 4 experimentos assim Brasil afora, incluindo um, em Brasília, que usava película mesmo! Está aí uma grande sugestão para os probloggers: reunir em um mesmo post, essas equipes que fazem cinema e vídeo hiper-independente, com equipamento amador, Brasil afora.
Infelizmente, a indústria está meio que acabando com essas câmeras de vídeo amadoras que lembram (assim, de longe) as profissionais, e está forçando uma migração dos amadores para as máquinas fotográficas digitais, que estão longe de serem câmeras de vídeo de verdade. Resta aos independentes juntar uns trocados em busca de uma Sony PD-150 ou uma XL1 da Canon.

Amaury Dumbo, Maria João e Freddie Mercury Prateado cobrem o aniversário do cantor Kiko, do KLB, com a presença dos manos, do seo Franco e a galera, incluindo alguns ex-BBBs. Já vi matérias melhores, mas esta se salvou por promover o encontro de Kiko com seu cover saphado que havia aparecido no quadro da Amy Winehouse – o cara parece uma versão macabra de Alfred E. Neuman! O original teve uma reação completamente proporcional e compreensível…
Uma curiositê é que o quadro é meio velho, porquê segundo informa o site oficial, isso foi no mês passado e ainda por cima, depois teve o aniversário de Bruno.

Sylvio & Vesgo em busca da Musa da Beleza Interior. Já está cansando a minha beleza, pois já vi episódios mais engraçados desta série. Só se salvam os flagras das pombas (mas nada superou ainda o episódio onde eles fingem estar “fumados” e dão as sandálias da humildade para uma pomba).

– Surpresa no Bloco Essencial do Pânico: Susan Boyle sai um pouco de cena, (afinal ela está aí com sua nova música de trabalho…) e entra Os tombos do Cai… Tano, no qual o programa aparentemente faz as pazes com a escadaria do Objetivo (duvideodó). Por enquanto está bão, e o intérprete de Mario Bros. e o garoto loiro da Amy Winehouse aproveita pra descansar a voz um pouco. Después, mais uma aventura de Mário Bruês (com destaque para uma rara cena em videografismo – aliás, taí, que tal eles pensarem em usar o cenário virtual da RedeTV! pra essas coisas?), José Toalha em um quadro curioso por ser o lugar mais apertado em que eles já fizeram isso, e nesta edicção, Amy Winehouse vai ao Jóquei Clube e… desculpem o pessoal que fala que o quadro está ficando caidaço, mas a sacada desta vez foi genial: a ação se situa em um fictício jóquei clube porquê a rival da Amy, desta vez, é Ana Maria Braga. É que na semana passada ela teve um problema com seu carro no Jockey de verdade, na frente da equipe do Christian Pior, pra delírio deste. E aqui, Ana Maria também tenta entrar no Jockey fictício, só que em um Corcel vermelho (concidentemente o carro que o meu pai tinha quando eu nasci). Bom, é claro que, no final das contas, sobram sopapos para todos, e Ana Maria acaba recebendo um “fatality” todo especial. Não sabia que Amy sabia a arte da falcoaria com papagaios…

Ah, antes ou depois disso, Bola com as dicas para ser um super-herói.
Primeiro, tiro o chapéu para o hijo de la madre do diretor, que conseguiu encaixar perfeitamente no contexto do quadro a parte deste que eu execrei no review passado, o lance mais “romântico” do Bola, aqui relacionado aos Changeman (os Power Rangers que não dão dor de cabeça no dia seguinte). Torço para que o tema seguinte já exclua de vez esse lance aí do Bola fazendo cover do Xupla.
Valeu mais pelo Bola-Maravilha e pela trombada no muro de tijolos semi-cenográfico. Mas ainda assim, já houveram quadros melhores…

Marília GabriHerpes: Aqui está a grande surpresa de hoje. Em recente entrevista, Wellington Muniz disse que estava aprimorando uma imitação da jornalista e atriz. E aqui está ela, Brasil! Com direito a jingle e cenário muito bem feitos (MILAGREEEEE, não é cenário virtual!!!), Marília entrevista Ronaldo e depois, surpresa: interpretado pelo mesmo Carioca, surge Muricy – aliás, em uma imitação muito bem vinda para quem acha que a imprensa pega leve demais com o time treinado por este. A imitação em si não é bem novidade, já vi outro comediante imitar ela por aí, mas o que me matou de rir foram os infinitos óculos da apresentadora, e o sotaque que até tirou Carioca do sério. O quadro promete, vamos ver o que vem por aí.

Cristian Pior e Sabrina aprontam em Cannes, em um certo país europeu. Ainda não vi essa matéria direito. Cheguei em casa nessa hora. Caramba, tinha até Paris Londres Hilton no meio. Tem gente que adora de paixão, tem gente que vai assistir o Fantástico…

O Impostor… que hoje foi duas vezes mais impostor! Seu objetivo Etapa era chegar no topete de Roberto Justus. Esse quadro surpreendeu pela segurança praticamente ‘frouxa’, comparada a de outras ocasiões enfrentadas pelo Impostor. Ele foi disfarçado de fotógrafo. Como bônus, ele apareceu ao vivo na tela da emissora macedal. Foi mais fácil do que a minha entrada em um shopping center junto com os lojistas, como eu já falei por aqui.
O QUE VOCÊ NÃO SABE é que Roberto Justus reconheceu o Impostor e levou tudo na maior esportiva, mandando um abraço para Emílio Surita! Só que nada disso foi al aire… Eu bem que desconfiava, porquê o quadro havia terminado abruptamente demais, e muitas pessoas até menos famosas do que o genro da Garota de Ipanema andam com seguranças para evitar justamente aquilo que o Impostor fez, porquê de um simples gesto assim podem sair atentados, por exemplo, como o que aconteceu com João Paulo II. Bom, me avisem quando passar o quadro do Impostor entrando na Disneyworld sem pagar, belêzz?… rerere

E um Bonus Track para vocês: No Video Show está começando a ser exibida a “novela” Fogo no Rabo, da TV Pirata. Participação especial de Louise Cardoso versão 2009, Daniel Filho e do gerador de caracteres que inspirou a criação da Rede Rounded. Uma curiosidade é que, apesar de ser paródia de Roda de Fogo, a paródia  surgiu, desde o começo, depois que a original acabou, e a trilha sonora remete à novela seguinte, Mandala.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s