Pânico na TV, 13/12: Invadindo-se a si mesmo. E da próxima vez, vamos invadir a Jovem Pan!

Este foi um programa muito especial para mim, foi ao ar um dia depois de eu ter visto alguns deles ao vivo, a poucos metros de mim, no restaurante Chilango. Mãns a matéria que eles fizeram não foi pro ar esta semana, ainda.
E se não for, e ficar engavetada (o Pãnico na TV tem matérias engavetadas, como as protagonizadas pelo Gluglu Japonês e pelo Marcelo de Senna, ex-Pânico do rádio), então… temos imárrenes que ninguém tem, ahááa! Agora sim a RedeTV! vai me retribuir todo o carinho e consideração de tantos anos, quem sabe com uma dessas câmeras em alta definição, tô precisando de uma e não tenho carro pra vender pra comprar uma delas…… .
Mas vamos ao Pânico de hoje! Rapaz, que programa longo…

Christian Pior “Se corta, bem!” começa em mais um evento Classe A, entrega de prêmios da APCA. Logo de cara, entrevistando a sacred monster do teatro, Sérgio Britto. Pior não faz jus ao sobrenome e é elogiado por Lilia Cabral. Geovana Tominaga já está virando arroz de phesta do Pânico… Ele discute com outros atores o chamado beijo técnico. Cássia Kiss e José Wilker passam batidos pela equipe. Mas Gianechinni fala com Christian! Como diz a Chiquinha: “Aprende!!” Os entrevistados opinam sobre quem seria a mulher do ano, Michelle Obama, Dilma Rousseff ou Geyse Arruda.

Marília GabriHerpes na área. Mas, peraí, ela está diferente…. Ela entrevista o Prefeito Kissab, Pai Galo (pai-de-santo, de verdade, aquele que diz “Mentalizei!”), Ronaldo Phenomenon dividido entre Corinthians e Flamengo. E a Bombom! Opa, essa é pesada demais pro horário – e tem um humor interno, ela tem “Negrescos” em locais estratégicos – essa a galera que ouve o programa de rádio já sacou. Lula aparece depois do caso do palavrão – depois do F%der a Vida, agora foi o presidente de verdade -(e não é aquele vídeo em película que vazou no YT, dele dizendo “Manda essa imprensa embora, p%$ra!”) Pai Galo dá uma de empresa e fica Incorporated, podendo assustar os mais desavisados, mas eu, que já vi aqueles programas da Record de madrugada, entendi tudo. Váyate en el nombre de Jesucristo. Esse final eu não achei engraçado. Durante todo este quadro, Marília GabriHerpes foi interpretada com maestria por Daniel Zukerman. Ainda o veremos muito nesta edição!

The Mij & the Beach! Animais não muito grandes, mas que assustam pelo inesperado: iguanas. Ou calangos, sei lá, não entendo direito. Iguanas, que eu saiba, não phazem nada. Valeu por não ter sido mais um “OM&OB 4girls” de novo again outra vez, já basta a Dani Bolina regurgitando todos os programas e o pessoal da Xurupita’s Farm.

Arena Gladiator é um merchandising safated & picarett, mas esta edição talvez você queira assistir. Eles mostram erros de gravação do quadro. Também tem entrevistas com os perdedores, que acabam tendo um desfecho inesperado. E lembre-se: Guaraná é Dolly, o ponto mais alto em café.

Musa da Beleza IntériorrrOu quase… Melhores momentos com Vesgo, Polvilho e Silvio. Na verdade, passando às vezes bem longe das  musas. Tem até algumas musas da beleza exterior, mesmo. Tem uma conversa “por telefone” com Vesgo & Sylvio que vai deixar muitos adolescentes ligadaços.
E uma versão bem exclusiva de “All the single ladies”. Vem cá, o cara que faz o videografismo do programa já soube que a Samambaia não faz mais parte do Pânico?

Sabrina Sato Rahal foi escolhida a personalidade do ano na TV pela IstoÉGente. E foi anunciada pelo Carlos Tramontina!! Ela mesma cobre o evento, entrevistando outros premiados. Outras pessoas premiadas foram el Président Lula y Ronaldo Nazário, o original. Zina ganha um salve, vejam vocês, de Aécio Neves. Cesar Cielo tenta tirar a limpo a entrevista com perguntas editadas que ele deu à Sabrina. Ao fundo, um sósia de Alfinete.

“Quando você foi comprar as Casas Bahia, você perguntou – Quer pagar quanto?…”
Sabrina Sato, entrevistando Abílio Diniz (dono de 3/4 do Brasil e ninguém reclama nada)

Ela pergunta à Guido Mantega sobre Marina e até mesmo sobre A Fazenda – ele é Ministro da Fazenda, mas não é isso, Sabrina! A propósito, ao final conphiram Lula hablando palavrões. Matéria bem razoável, comparada com o que poderia ter sido, valeu – sobretudo por ter dado uma pausa em Brasília.

Pânico Delivery ao Cubo. Não, telespectador, você não está bêbado. Como diria o Avallone, não apenas um, mas dois breako do volante, irmãos gêmeos, empresários do setor agrícola. Eles tiram uma com os affairs de Dani Bolina e Nicole Bahls. Aliás, Dani inaugura a “versão de baixo” do gesto do Ceará ao som de banjo. Opa, hora da larica, e a iguaria, em homenagem ao nosso blog, se chama JáTV! (zoei), uma mistureba de várias comidas em lata. A mistura, aparentemente comestível, derruba todo mundo, ou quase… (e tem o Dumbo Restaurantes vindo aí, mais tarde.) E a matéria termina de forma, digamos, bem úmida….. E mórbida. Eles descobrem que um passarinho se aphogou na piscina onde eles entraram…. blëargh
“Deu um p#@%$ trampo, nunca mais quero pegar gêmeos na minha vida!”

Forrest Quiz – Uma nova dupla no ar: César Polvilho – sumido faz um tempão, ofuscado pelo brilho de Freddie Mercury Prateado – e a novidade, Charles Henrique “Wikipédia” – o phiguraça que está na Xurupita’s Farm, a qual veremos já járghs. O cara começa destrinchando a carreira em novelas globais de Letícia Spiller, surpreendendo a própria. E por aí vai. (Aliás, palmas pra ele, eu tenho memoria boa pra datas que me interessam, mas entre 1999 e 2001 embola tudo, é muito dígito repetido… mas ele não, ele sabe tudo.)
Até a extensiva carreira de Marília Gabriela (a sem herpes) não é desafio para a memória de Charles Henrique. (Só uma coisa: esta matéria parece uma versão um pouco mais animada do Memória Globo , é um festival de logotipos em plena emissora rival que deixaria o seo Roberto Irineu contente da vida.) Ah não, PUTZ, dizer as novelas de Suzana Vieira desde Anjo Mau em preto e branco já é demais!… Chamem os Mythbusters!

O Fã. De visual novo, pra não ser manjado pelos artistas. Ah, gostei dessa: o DJ Zé Pedro deu um autógrafo, mas como foi chamado só de “DJ”, zoou e assinou outro nome… Além dele, uns artistas recordais. Não sei por quê, eu senti ele meio contido, desta vez.

Vesgo e Silvio de branco na festa de Luciano Huck, na festa de 5 anos do instituto Criar, criado para manter pessoas como eu fora do mercado de trabalho broadcast, mas aí é outra história. Logo de cara eles se deparam com Daniela Cicarelli, mas, milagre… resolvem zoar a boca da apresentadora. Alívio geral na redação.
Os integrantes do NX Zero resolvem zoar Vesgo & Sylvio de volta inventando novelinhas por conta própria, esses meninos vão longe. Opa, Sandy Léah and D. L. Junior, ainda existem?
Desta vez Cláudia Leite não corre do Pãnico. E, opa, o futuro rival e o ex-patrão de Vesgo, Marcos Mion!!! Esta matéria tá boa, um monte de ex-desafetos. Até Luciano Huck fala com eles. No entanto, Jesus Luz corre, enquanto tenta se esquivar de Oscar Filho, do CQC (bem, hoje poderemos tirar essa dúvida). Cláudia Leitte se mostra fera no improviso e lança um nuevo sucesso, ou não.

OPA, qué isso?! 5 Maneiras, depois de 3 semanas fora do ar?! Desta vez, mostrando dicas de estátuas. Bola enfrenta alguns dos desafios que assolam as estátuas que ficam em locais públicos. Uma edição meio voltando às raizes de Jackass brasileiro desse quadro aí, featuring subprodutos caninos e insetos asquerosos. Diretor Bolinha está sádico neste episódio, e se mostra um especialista em inseptos. Rapaz, eu sei o que Bola sentiu, certa vez eu fui mordido em um dedo da mão por uma formiga vermelha, não consegui dobrar o dedo por algumas semanas… Era UMA, imagine o número que ele pegou… Enfim, Bola continua pagando seus pecados – com direito a algumas edições engavetadas, ainda. Parabéns, Bola, eu no teu lugar já tinha pedido um café e a conta. Quanto será que o Bola está ganhando? Será que ele ganha mais do que a Luciana Gimenez? Ou eles pagam em chocolate?…

Amaury Dumbo – Sinuca Beneficente, com um momnte de pessoas phamosas. Freddie Mercury Prateado apronta várias de suas estripulias com seguranças, mas vamos ao evento. E o jogo deixa as pessoas bem-humoradas, Rubens Barrichello falou com Amaury Dumbo!! Possivelmente pela última vez, mas quem se impuêrta? (Aliás, ele nem notou que o Carioca, que é o Amaury, era o “Rubinho Chorão” que ele evitou há algumas semanas!) Freddie Mercury Praetado vira giz de taco de sinuca… eca!
E tem a hora da gastronomia! Desta vez sobremesa, com Milkshake Árabe, que derrubou Carioca no primeiro gole!!
PS: O Amaury Dumbo tá fazendo sucesso, hein?… Estive em uma festa com pessoas todas acima de 30 anos, e várias das músicas da trilha sonora eram desse quadro, como Trouble, de Lindsey Cunningham, tema dos presentes do Dumbo Eletro.

Xurupita’s Farm, episode four. Depois de um mega trailer, cheio de “bosque”, como diria o Emílio, revemos a eliminação de Homem-Palha (who?).  O episódio de hoje tem o mesmo elenco do outro. O lance é o seguinte: durante esta edição, um outro quadro do programa, que andava adormecido, vai ressurgir das cinzas e finalmente realizar uma missão que eles deixaram pendentes. Mas desse jeito não vale!! Sobretudo porquê seu protagonista já interpreta um dos XFFs. Ah, eles começam a missão ao som de uma música bem sugestiva…

“Daqui pra frente, nós vamos… é… nós vamos…” – Charles Henrique “Wikipédia”

O pessoal está tão baratinado que eles reprisam o “Onde está o Repórter” da semana passada sem dó nem piedade. Ah, vocês devem estar pensando que só tem uma festa na Xurupita’s Farm. E nesta edição, descobrimos que só tem essa mesmo!! Opa, e começam insinuações cortando para o mesmo lado: Noƒaaa e Garoto Xuxa elogiam o Diretor Bolinha não por sua obra televisiva, e Marlene Mattos faz uma proposta indecente para as Garotas-Tarja, um teste de vídeo sem filmadora, sacumé… Diretor Bolinha, em off, sacaneia os participantes – ele tem know-how pra isso.
E aquela missão à que nós nos referíamos é consumada. Ainda bem que o Pânico não censurou a si próprio, era só o que faltava. E dá-lhe Porteira de Voz. Xupla vai atender o Big Fone. Quer dizer, ao menos essa era sua intenção.
Chegamos ao paredão do programa. Assim como o restante do quadro, ele tem um desfecho mega-inesperado. Que tem a ver com salves, mas não são os do Zina….

De seis para meia dúzia. Alfinete e Zina estão no Rio de Janeiro, Zina manda seu apoio à torcida rubro-negra, e chega Muricy Carioca como contrapeso. “Ão, ão, ão, o Zina é do Mengão!”, dizem.
Zina está bem humorado (Deus é pai) e aborda os jogadores. E claro, manda salve pra meio mundo, e também
Opa! Eles encontram Milton Leite, que desconversa ao tocar no assunto Rogério Ceni, que ele disse em off que era “chato pra baralho“, em um vídeo que foi para o YT.

“Toda semana cê cobre ele [Galvão Bueno]!” – Muricy Baralho
“É, quase toda…” – Luís Roberto

No Show do Intervalo, Zina dá um… show do Intervalo. Eles também entrevistam dois jogadores do Flamengo que foram vértices de um triângulo amoroso com a cantora Perlla (a brasileira). Zina canta Beat It com coreografia da Carmem Miranda, sei lá daonde ele tirou isso. E muito mais. Matéria até que legalzinha – comparado ao que eu presenciei

Merchãs, Panicats rebolando mais tempo do que o usual, comerciais – alguns com OSD na tela, e termina mais um Páááánico na TV. Um programa… sei lá, o quê vocês acharam? Teve seus pontos altos e seus pontos baixos. Um salve pra Rede Globo, que mudou o horário do Didi e me fez gravar o Geral.com, uma série que reflete um mundo de jovens que não existem, da mesma forma que Malhação. E semana que vem, ou não, o encontro de Zina com o universo CH!

2 Respostas para “Pânico na TV, 13/12: Invadindo-se a si mesmo. E da próxima vez, vamos invadir a Jovem Pan!

  1. Ironia do destino: por chegar tarde em casa, eu só pude acompanhar a Xurupita’s Farm e o quadro do Zina. E eu confesso que fiquei com a mesma cara do Charles Henrique com o desfecho desse quadro… E destaque para a convergência dos dois quadros do Pânico na TV.

    Minto! Ainda peguei o finalzinho do Amaury Dumbo. o Milk Sheik Árabe foi surpreendente! Rilitros.

    Ah, só um detalhe! Como aquela marca de energéticos da cervejaria Petrópolis é um palíndromo, nem adiantou muito usar aquele truque do espelho na edição…

    Ah sim, Igor! Acho que pelo fim de janeiro eu estarei em São Paulo; se você, ao passar pelas ruas daquela cidade e ouvir alguém gritando “NÓÓÓÓÓSSA!”, não será O Fã, mas serei eu! Hehe.

    Abraço!

  2. Pingback: Tweets that mention Pânico na TV, 13/12: Invadindo-se a si mesmo. E da próxima vez, vamos invadir a Jovem Pan! « SodTV!! -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s