Notas do Pânico… e Zina 2010

Este blog achou que poderia sair resumindo as reprises do Pânico na TV neste começo de ano. Pero arregamos, exaustos por causa do final de ano. E também porquê passamos a primeira semana do ano sem computador – ele só chegaria semanas depois.
Além do mais, as reprises não são de quadros completos, e sim, seguindo o esquema de “melhores momentos” da retrospectiva. Ou seja, seriam mais de 100 itens por programa. Incluindo coisas que, à nosso ver, deveriam ser arquivo morto (sèguranças da Mp3adonna, por ecsemplo).
O peor, como diria a Chiquinha, é que vamos ter ainda mais uns 2 ou 3 programas antes que o Pânico na TV volte ao vivo, que não sabemos se serão gravados (inéditos, portanto) ou se ainda serão reprises – é meio temerário que seja este último.  Mas uma coisa é certa: quando o programa voltar, será com novo cenário e em estúdio que tem o dobro do tamanho do atual. Só não sei se é maior que o velho estúdio A da Rua Bahia, mas enfim…

Ah, falando em RedeTV!. As festividades natalinas da emissora foram no estúdio G, e é impressão minha ou ninguém tinha tirado nada de lá desde a inauguração do local?… Estava tudo igual à festa da inauguração, que eu fui um dos 4 brasileiros que não trabalha na emissora que assistiu. (E nem assim eles me convidam pra tomar um café!…)

O que faz este blog tirar a ramela delle occhi é mais um caso envolvendo Zina. Ele foi preso por porte ilegal de arma de uso restrito.
Vizinhos ouviram tiros sendo dados para o alto em uma mata na região do Jaraguá, onde a polícia achou 5 cápsulas deflagradas (tô me sentindo um Renato Lombardi ou o Percival de Souza, mas vamos adiante). Por volta do meio dia, os policiais foram à casa de Zina. Indagado sobre a arma, Zina a entregou aos policiais: um revólver 38 com numeração raspada, e com igual número de cápsulas deflagradas. Zina passou a noite na delegacia, em silêncio, e só vai falar na presença de um juiz.
(Quer dizer: ele realmente possuía uma arma meio esquisita, não se sabe se era ele mesmo que estava dando tiros para o alto, mas não resistiu à prisão.)
A RedeTV! não se pronunciou ainda sobre o assunto. Zina ainda vai passar por exames residuográficos que dirão se era ele mesmo que estava dando aqueles tiros ou não. Disparos de ármas de fogo deixam resíduos que permanecem durante algum tempo nas pessoas e até objetos próximos. (Nessa eu fui de cabeça, a Wikipédia furou, é capaz de ter “exame residuográfico” na Desciclopédia!)
Mãns, esse lance de porte de armas de fogo ilegais é insuportável inafiançável, segundo noticia babando o R7. Isto é, Mr. Zine vai passar algum tempo em cadeia, e não será cadeia nacional de rádio e televisão. Provavelmente, Mr. Cæsar Polviglio vai ter um pouco mais de trabalho (ainda)  neste começo de ano.

Não aguento mais o visual deste blog. Ele pode ser mudado em breve, aguardemmm…

2 Respostas para “Notas do Pânico… e Zina 2010

  1. Os Estaduais de futebol não tinham começado e o Zina, em menos de um ano, já era bi… detenção! Bi-detenção!

    > Rapaz, que coisa… O que inspira a nossa primeira enquete em mais de 7 meses sem ideias! Valeu, FPS!

  2. A retrospectiva do último domingo mais parecia a propaganda eleitoral do “Impostor”. Será que o Daniel Zukerman é a candidato este ano? “O segredo é a confiança”.

Deixe uma resposta para Felipe Pimenta de Souza Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s