Big Beyoncê Brasil

Ana Maria Braga levou ao seu programa uma Mega-Beyoncè para se lembrar que a original está no Brasil. Sei não se superou o dia em que AMB se vestiu de Madonna… O programa tentou levar a original, só que ela teria cobrado um cachê alto demais. Aliás, ouço dizer que os ingressos para os shows dela também são caros pra dedéu. Não sei por quê, acho que Christian Pior vai se manifestar longamente sobre o assunto no dia 21, quando o Pânico na TV voltar com edições inéditas.

Mas a história se repete. Em 1983, na Rede Manchete, um cover de Michael Jackson foi apresentado no Clube da Criança como sendo o original. Ele dançou Thriller, junto com outras pessoas, de casaco vermelho e tudo. Na época deu certo, porquê esse lance de covers estava engatinhando. Na época o programa era apresentado pela futura “madrinha” de AMB, Xuxa Meneghel.
Só me dei conta disso depois, quando MJ enfim veio ao Brasil dez anos depois, em sua carreira solo – ele já esteve antes, em 1974, com os Jackson Five. “Ah, mas como você não percebeu que não era ele na época?” Eu era um alienadaço total e absoluto, e com apenas um único televisor em casa (até 1989), só via o Jornal Nacional. E não comentei o caso com os colegas de escola no dia seguinte. AINDA BEM, se eu comentasse era capaz de eu nem estar aqui hoje…

3 Respostas para “Big Beyoncê Brasil

  1. nos anos 60, a Record ou a Excelsior (creio que foi a Record) anunciaram Frank Sinatra e os Beatles no Brasil, mas eram sósias e/ou covers, que foram ao ar depois de muito atraso e enrolação

  2. Caraca, que coisa triste! Quais outros casos famosos de “gato por lebre” na TV, vocês poderiam citar?

    Abraços!

  3. sei que a Mofo Tv, (se não me engano) apresentou no youtube o Carlos imperial apresentando a Dee Dee Jackson brasileira no final da década de 1970, como se fosse a verdadeira! – E dizem que o Imperial era mestre nessas “clonagens”!
    Teve o Fantástico da Globo, que após as duas/três primeiras semanas de exibição dos quadros do Mr. Bean, apresentou um clone do próprio versão-brasileira invadindo os estúdios da Globo e um shopping (nessa logo imaginei que fosse um clone pois: cadê que o Fantástico tentou entrevistá-lo?)
    Fora isso, tem o mais conhecido de todos: a versão brasileira do grupo Gengis Khan, que acabou tendo vida própria!

    > Essa do Mr. Bean eu me lembro perfeitamente… Em 1995 ele chegou a ficar frente a frente com Cid Moreira na bancada do JN! Eles só falaram no final do programa, o cara era um empresário de São Bernardo do Campo, dono de uma loja de tintas…

Deixe uma resposta para Filipe Dias Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s