Arquivo da categoria: flagra

Se eles queriam audiência, conseguiram a minha…

Este blog comenta assuntos que acontecem em todas as emissoras de televisão, como a Record, e não é associado à nenhuma delas.Ontem, Cris Flores postou em seu blog uma fueto de um bolo de aniversário para Mr. Vildomar Batista – o segundo diretor mais showman da TV brasileira (só perde pro Diretor Bolinha)
Adivinhe o que era? Exatamente, a fatídica passarela em S, que tantas buscas indevidas e comentários errôneos vem rendendo á este blog. Pois é, e hoje, ela mesma (aliás, não conseugiu) e o próprio diretor vão passar na própria. Vildomar Batista prometeu passar por lá caso a Pestalozzi arrecadasse mais de 3 milhões de reais.
Rapeize, acho que a audiência vai bombaire, mesmo com ele não sendo exatamente um cara tão phamosão quanto os outros que já passaram na passarela. Já o estamos vendo na phrente das câmeras. Parece um irmão mais novo do Porpettone… [EDIT: Apareceu em termos, eles deram um migué e se ele apareceu de forma visível era por falhas de enquadramento.]
Se você está com coceira nos dedos e quer comentar, sem ser coisa do Pânico, da Salt Cover ou dos meus personagens, por favor, leia o texto a seguir.

Este blog comenta assuntos que acontecem em todas as emissoras de televisão, como a Record, e não é associado à nenhuma delas.
UPDATE: Como vocês devem estar percebendo pelo banner, Vildomar Batista conseguiu atravessar a passarela, com ela balançando e tudo. E o mais incrível, como vamos dizer, superando seus próprios medos, à la Chapolin Colorado (em 2012 na Record!). Ele mal conseguia falar no final da empreitada, ao contrário da maioria dos que conseguiam, que comemoravam ao final.  Sei não, mas eu desconfio que esta experiência provavlemente o fará continuar com esse quadro, e agora com uma carta na manga: “Eu estive lá! Eu sei como é que é!”… E logo em seguida, VB escalou Amanda Françozo, que nunca esteve na passarela, para fazer o mesmo. Pica-Pau, te cuida, que a passarela quer puxar o seu tapete… OPA, peraê, atenção, sugestão para Charges.com.br, Animatunes e Humor Tadela: que tal Pica-Pau atravessando a passarela da Record? Fikdic!

What eyes don’t see, heart doesn’t feel

Acaba de ir ao ar, no intervalo do Jornal Nacional, um comercial do novo utilitário esportivo Veracruz, da Hyundai.
Todo falado em inglês.
E sem tradução, ao contrário daqueles comerciais todos legendados que viraram moda entre 1992/93. O carro parece ser dos grandes. (Mas eu conheço essas montadoras, deve ter a mesma largura da Towner…)
O slogan era “Power dressed in style”. Essas coisas o Conar não vê… Homessa!…

Mas, na verdade, pode ser até que tenha acontecido algum engano. No site da Hyundai, o slogan é “Uma nova forma de liberdade”, e até mesmo o padrão visual das peças de publicidade no site não lembra nada o do comercial exibido na Globo!

"It’s twenty-one hours!"

Esta frase, dita por uma voz feminina, foi ouvida agora há pouco, durante o TV Fama, na RedeTV. Que raios é isso?! E porquê em inglês?!

É que esse é o relógio do sistema operacional Mac OS X. O sistema de voz computadorizada dos atuais computadores da Macintosh tem cerca de 15 vozes diferentes e pode ser programado para atividades úteis, como descrição da tela e leitura para deficientes visuais, até outras nem tanto, como dizer as horas audivelmente, como foi nesse caso. O Macintosh que uso no serviço é assim, e inclusive, era com a mesma voz! Até demorou um pouco pra ficha cair… “Peraí, estou usando um PC, o Mac está no outro quarto e aquele não está programado pra dizer as horas…”
E isso deve ter vazado no ar por alguém ter acionado essa opção no “Painel de Controle” (não tem esse nome, mas é o equivalente) do Mac OS X. O do meu serviço tem um aparelho ligado nele chamado M-Box, que tem entradas de áudio profissionais, e saídas para fone de ouvido, que se você quiser, podem substituir o som “normal” do computador, como resultado, sons do sistema podem ser gravados por aparelhos ligados na saída da M-Box. Sei lá como são as coisas na RedeTV!, mas aparentemente foi algo parecido que fez esse som do sistema do Mac vazar na emissora. Desde mais ou menos 2003 a emissora usa computadores em vez de reprodutores de VT para exibir qualquer coisa – comerciais, matérias, etc. – incluia-se aí as pegadinhas e testes de fidelidade.

A frase-título talvez possa não ser gramaticalmente correta em inglês, mas é assim que o Mac OS X diz o relógio em 24 horas. É até um sistema meio burro, quando é uma da manhã ele diz “It’s one hours“… Já tive o sacrilégio de ter trabalhado até as 5 horas da manhã naquele lugar, por isso eu sei. Okay, okay! Mais um flagra do seu, do meu, do nosso SodTV, o blog que ninguém vê!