Arquivo da categoria: Pânico na TV

Três petardos

– O Pânico na TV teve uma discreta presencça na “Rede Glóbulo de Televisão”. O time do Independiente de Medellín, que empatou em 1×1 com o Corinthians pela Libertadores, foi patrocinado pelo Pânico Energy Drink. O fato foi destacado no Twitter pelo pessoal do programa. Uma invasão das mais sorrateiras, porquê pouca gente conhece esse produto ainda. É provável que os funcionários da Globo nem tenham percebido. Acho que ainda não foi páreo para as camisas do Vasco com logo do SBT, e por falar nele…

SuperNanny é um programa que eu sempre assisto no site do SBT…
É estranho, mesmo não sendo casado (alô, animadoras canadenses, japonesas e coreanas, o meu abraço fraterno, 당신을 사랑합니다!) and não tendo philhos, eu vejo esse programa e presto atenção. Talvez para agir certo com os futuros filhos dos meus parentes, sei lá, não quero ser um tio fanfarrão. Muito menos com o phuturo cidadão americano radicado nas Filipinas Chung Wang S. C. Barros (rerere).
O fato é que o episódio desta semana promete ser bombástico. Chris Poli estava iniciando seus procedimentos, quando ela começou a ser contestada pela mulher que ela estava ajudando, mesmo quando os filhos desta estavam aceitando os métodos (o que não é muito comum nesse programa)!  O embate acabou levando Chris às lágrimas e deixando o episódio sem final, pela primeira vez – o programa é gravado desde 2006. Já havia acontecido de uma família não conseguir resolver seus problemas, mas isso aconteceu depois do final das gravações do episódio. Sacanárre! Força, Chris!
Falei do site do SBT. É capaz desse episódio ser um dos campeões de audiência no site.

Mais uma coisinha. Hoje, na Praça é Nossa, Porpettone “Tévez” vira um Na’Vi. Tá, um “anão” deles (os caras tem 3 metros de altura – o pior é que em 1994 eu tava desenhando uns personagens com proporções parecidas, só que eram marrons…), mas muito mais bem feito do que outros covers que já vi por aí, nessa a maquiagem do SBT me surpreendeu!

– Os prédios da Rede Manchete na Rua do Russell, projetados por Oscar Niemeyer, onde era a parte administrativa e estúdios de jornalismo e linha de shows da extinta emissora, estão na mira da Record para serem sua nova sede en la Ciudad Maravillosa. Lembrando que estúdio de novelas, eles já tem 10 no RecNov (ou RecDez, sei lá). A Record pode de repente acertar na mosca.

Pânico na TV 03×10: Panication-chôn!

Pronto. Foi só eu falar mal del Rebolation semana passada, que o Pânico na TV abraçou a causa. Abraçou, assim, a nível dos participantes do Big Biba Brasil. Enfim, vamos ao que roluê no primeiro Pânico na TV de março!

Colação no Grau: Christian Pior [PS: a estreia dele em 2010 – matéria phraca – é o vídeo do Pânico de 2010 mais assistido do site da RedeTV!, é por isso que o Brasil não vai pra frente! Consulado do Canadá, me aguarde!], Piu Piu e Dani Bolina aprontam altos agitos em uma colação de grau. Evento ainda não sacaneado pelas trupes panicais.
Bem, vale para ver Caco AntibChristian Pior sacanear com as classes inpheriores cara-a-cara. Tá, eu falo horrores dele neste blog, mas Pior teve umas tiradas sensacionais nesta matéria.

“Só mulher quer tirar foto [comigo]! Aaai, que nojo, Emílio! Eu quero uma formatura de agronomia, que tem homem!…” Christian Pior

CP também faz uma sacanagem padrão Bolinha de qualidade com o pessoal que dança a valsa. Alô, Boleta, reze para o Christian Pior não fazer faculdade de rádio e TV e virar diretor de externas…

– Putz, o Fisk tem curso de português agora. E não é para estrangeiros, é pra galera daqui mesmo! Bem, podia ser curso de português de Portugal, eu queria tentar entender melhor essa galera, sobretudo após o caso Maitè Pro3nça e os Jerònimos [pretexto para comentários europeus detected].

– Opa! Às vezes eles voltam! E F#der a Vida está de volta (afinal, a novela ainda não acabou), e desta vez com Dilma Ducheff, homenageando o Dia Internacional da Mulher. Não tem palavrão, mas com essa interpretação, nem precisava…

O Super Sensacionalista. Um pouquinho mais bem-ajambrado desta vez. O prepheito Quissab agora aparece com sua capa de chuva amarela, entrevistando um autêntico grupo de cidadãos brasileiros. E vários phlagrantes do Brasil e do mundo. Na verdade, só faltou um pouco de assunto…

Batalha Gladiator. Agora, fora dos ringues, onde as batalhas da vida real se acontecem-se-lhes. Nossa opinião: “Dolly, guaraná Dolly, sabor brasileiro.” Próximo!

– E voltamos, depois dos comerciais, com mais uma matéria falsa: Selvagem, uma bebida com nome de novela mexicana e rótulo provavelmente assinado por Bóris Vallejo, sei lá. E uma mascote muuuuito especial… Rapaz, é o Pãnico ou é o Brothers isso aqui?!
E não consigo deixar de imaginar o Bem-Te-Vi narrando: Selvagem! Amanhã, depois da Hebe, no SBT!…” Na verdade, quem imaginou outras coisas foi Emílio, que riu á valer na volta, justamente por causa da “mascote” do Selvagem. [chamada indevidamente de Selvagina, o nome até foi mudado depois…]

Vesgo & Polvilho em Procurando Antônio Nunes, desta vez em Recife. O quadro tem alguns espasmos de quadros praianos anteriores to fill the sausage. A única novidade é que o norueguês mais procurado do Brasil parece que ele teria sido phlagrado por uma telespectadora.

– Uma atração do “Super Sensacionalista” da semana passada agora está de volta (quer dizer, SS una hueva, é atração YouTubense).  O cachorro que se enraivece quando ouve o termo “corinthiano” agora é procurado pela equipe dos que o são, Alfinete e Vovó. Após algumas buscas, eles encontram o supracitado, que curiosamente se chama Biro Biro, nome de jogador que atuou pelo escrete sãojorgino, vai entender esses canídeos. Mas não é só ele, dentre os superstars do YouTube, que vai aparecer neste programa, aguardemmm…

Sabrina em Brasília. Mas desta vez, ela não está sozília… (putz, o pior trocadilho da minha vida) Ela e Charles Henrique Wikipédia argüirão os nobres polícticos a respeito de cinema, porquê enquanto eu escrevo estas linhas, Avatar deve estar avatando uma dúzia de Óscares [EDIT: “Guerra ao Terror”, irônicamente dirigido pela ex-esposa de James Cameron, ganhou mais prêmios. Mas com o que aconteceu depois na Internet, eu sou Avatar Futebol Clube desde criancinha…]. Aliás, parece que finalmente os dois estão juntos, Charles é fã número 1 de Ms. Sato Rahal.

“É porquê a minha mente tá na minha cabeça.” Charles Henrique “Wikipédia”

Apesar da frase acima, que parece ter sido escrita pelo Zina, CH surpreende os senadores ao discorrer sobre a biographia dos mesmos. Na verdade, a dupla surpreende ao contar essas piadas que fazem com os políticos nos Kibelocos da vida na cara deles!… Parabéns pela coragem. Outra coragem do Charles perguntar ao senador Arthur Virgílio (aquele, da defesa pessoal) se ele já comeu piranha. É que ele é do Amazonas, onde isso não é incomum. Alguns senadores, como Renan Calheiros, dão um “vem comigo” (pa pa páá rí ááá) na Sabrina. Não bastando isso, Charles tenta introduzir em Brasília as expressões criadas pelo pessoal do “Vida de Garoto”…
Rapaz, matéria até que muito acima da média pra essas incursões brasilienses da Sabrina!

Quem Chega Primeiro episódio 2. Mais peripécias de Juju e Impostor na América Latina subdesenvolvida. Queria ver mesmo era o Christian Pior lá! E vamos pro próximo.

Amaury Dumbo e companhia no anaversário de Ani Hickmann, algo assim. Participações muito especiais de Fabíola Reipert, Christian Pior (como convidado, puêde?!) e Paulo César Pereio (mais habituê do CQC, mas até que eles se entenderam). Opa, seguranças na área, e onde tem segurança, tem Freddie Mercury Prateado, agora com um arsenal renovado de ataques. E mais Paula Veludo, a instrumentista de “1001” talentos! Mas gaita de foles ela não sabe… Fredie Mercury Prateado encarna a parceira não-prateada Montserrat Caballé na hora de cantar “parabéns” para Ana Hickmann. Cuidado com os ouvidos!
E na hora da gastronomia: o vinho tinto tem sei lá quantos mil anos de estrada. Conheça uma pequena variação do vinho tinto que você nunca viu e vai se surpreender!…Rapaz, matéria boa.

Mulher Arroto agora ataca de repórter. Na verdade, no quadro “O Famosão” e no “Super Sensacionalista” da semana passada, ela fez isso também, e eu não tinha notado.

O Famosão de hoje é uma famosona. Que, desta vez, não soube lidar com a fama…

Famosos Anônimos: Vesgo & Sylvio em fase rebolativa, em João Pessoa-PB (a terra de meu patrão, de novo!) Desta vez, eles vão atrás de outros astros do YouTube da atualidade: o pessoal que fez a paródia “Roubolation”. E para você, machão de carteira azul, que estiver achando a matéria sonolenta, ela tem a participação de Dani Bolina do jeito que a mecânicaiada e os peões de obra sempre quiseram, com aquelas roupas que pai nenhum deixa a filha sair pra rua.
Os humoristas que fizeram a paródia enphim são encontrados e revelam que são fanzaços do grupo Parangolé, que fez a música Rebolation original, e que eles sonham em se encontrarem com eles. Bem, só posso dizer uma coisa: Cosmo & Wanda, cês são uns incompetentes perto de Vesgo & Sylvio !!!…

– Merchã da Skol com uma novidade: o comercial é parodiado pelo elenco do programa, e o caro tele-espéc é convidado à fazer o mesmo (exceto se você se chama Ronald Rios, mas aí é outra história…)

– E chega o primeiro episódio oficial de Big Biba Brasil. Fofocas, fuzuês e fuzarcas à granel no reality show mais, hã, enfim, da TV brasileira. Algumas brigas marcam este episódio, que termina com a prova do líder e a votação no “confessionário” todo especial. Como dizem no Twitter, #euri! Sobretudo com a revelação de um truque extremamente manjado pra fazer o monitor do Pedro Bilal.

E depois disso, a zona cinzenta do Pânico, temperada com merchãs e comerciais, aquela história bem padrão RedeTV! de qualidade (eu sei porquê eu vejo isso desde 2002!) Uma modorra só quebrada no encerramento quando Emílio tenta fazer uma piada com a bebida “Selvagem” e rola de rir. Estou vendo que o merchã do Selvagem vai prosseguir phorte nas próximas edições. Sentindo no Couro não foi ao ar desta vez.
Apesar do Super Sensacionalista estar meio arrastado, e apesar das “reboladas”, posso dizer que, rrrapaz, já vi programas piores. O sol começa a brilhar nas plagas de Osasco! E semana que vem, mais Pânico na Febem, digo…

Pânico na TV 02×10 (28/02/10):

Ói nois aqui outra vez! Com mais um Pânico na TV. Descurpem a demora, mas… não dá mesmo. Eu escrevi o texto até a metade e descobri que eram 2 da manhã. Não tem jeito, a não ser demorar um pouco mais, senão não sai as coisas. Chega de conversa, e vamos a mais um Pânico na TV, que teve momentos geniais e momentos boçais no mesmo programa, é uma montanha russa ou o quê? Clique em Manter a Leitura e vamos nnnesssa! Continuar lendo

Depois da Xurupita’s Farm…

… e depois da polêmica se a invasão ao BBB seria crime inaphianssável (mas nem que eu vou ficar do lado do BBB na minha vida) ou se realmente teria sido mesmo uma invasão (dizem que o Agente Delari já era conhecido da família de Tessália e que ele tinha sido convidado pela mesma), o Pânico na TV tem mais essa.
Segundo a coluna Zapping, de Alberto Pereira Jr., o programa vai, pela primeira vez, parodiar o BBB, algo que já tinha sido feito pelo Casseta & Planeta desde quando Pânico era só um programa de rádio, e pelo Show do Tom – e faz tempo, quando a Record não era essa Pepsi toda que está aí, antes da fase dos mutantes.
Como será o BBB na visão do Pânico na TV? Pelo visto, saberemos hoje (ou semana que vem, se Alan, óóóó dirèctor, leu a coluna e não gostou, dizendo “Calem-se, calem-se, vocês me deixam looooou-cô!”).
Aliás, o dono da voz que diz essa frase, Nelson Machado, está chegando nesta segunda (ou mesmo domingo, tudo só depende do site que hospeda os vídeos) com o primeiro programa de 2010 na TV Capricórnio, e com uma ligeira participação deste que vos digita.  Já já, no post seguinte, o que rolou no segundo Pânico na TV de 2010.

Até lá, leia este post sensacional do blog Tele-Visão: Parece que as emissoras de TV seguem um manual de instruções invisível

Pânico na TV 01×10 (21/02/10): Pense no que vai fazer! 99,5%

Demorou, mas chegou! Antes do CQC, do Casseta e dos Legendários! Quem diria que aquele programa que era tão sempre o mesmo (um pouco mais e se tornava um novo Chaves ou um novo “comerciais das lojas DIC”) finalmente se renovou, assim, PRA CARAMBA! Abertura nova e caprichada, nova música tema e novas vinhetas. E uma boa sacada continua, a de ter aposentado a amadorística fonte Arial Black em favor da Lythos Black. E vamos ao que interessa, o resto não tem pressa, ieiéé!!

[OBS: “O resto não tem pressa” – eles levaram isto a sério. Como vocês lerão a seguir, o programa demorou para começar de fato, pra dar aquele start de… “Como é que chama mesmo esse programa? Ah, Pânico na tevê!”
Outra observação importante: lamentavelmente, não consegui gravar o programa inteiro, foi só até uns 3 minutos da matéria do Zina, que creio ter sido a última. Como o site da RedeTV! ainda não foi atualizado, não dá pra saber ainda a que conclusões a matéria chegou]

All right, everybody. Pega as pipoca, os refrigerante, clique em Manter a Leitura e simbora! Continuar lendo

Este blog não tem nada a ver com esportes, mas…

Está lá, só na Folha de São Paulo impressa, para não causar revolta entre os internautas! Há, mas não mais! Dançou, Sepp!

Você sabia que para qualquer barzinho que se preze colocar um telão ou televisor de 29″ passando jogos de la Copa do Mundo deste ano, esse barzinho terá de escrever pedindo autorização, em inglês, à FIFA?
E mais: SE aprovado, a FIFA passará um E-Mail ao qual a pessoa também deverá escrever pedindo autorização à Rede Globo?
E caso essa pessoa seja aprovada ela vai ter que pagar um preço, de número de dígitos não conhecido?
E se esse dono de bar não fizer isso, corre o risco de ser denunciado por seus concorrentes, que podem fazer ele ser proccessado?

Alô Partido Pirata do Brasil, o que vocês acham disso?…  Pois é, acho que nesta Copa eu vou fazer como fiz na última: só ligar a TV quando ouvir gritos pela vizinhança e olhe lá. Ou nem isso.

FUTEBOL, ÓPIO DO POVO!

Voltamos à nossa programação anormal.

Notas do Pânico… e Zina 2010

Este blog achou que poderia sair resumindo as reprises do Pânico na TV neste começo de ano. Pero arregamos, exaustos por causa do final de ano. E também porquê passamos a primeira semana do ano sem computador – ele só chegaria semanas depois.
Além do mais, as reprises não são de quadros completos, e sim, seguindo o esquema de “melhores momentos” da retrospectiva. Ou seja, seriam mais de 100 itens por programa. Incluindo coisas que, à nosso ver, deveriam ser arquivo morto (sèguranças da Mp3adonna, por ecsemplo).
O peor, como diria a Chiquinha, é que vamos ter ainda mais uns 2 ou 3 programas antes que o Pânico na TV volte ao vivo, que não sabemos se serão gravados (inéditos, portanto) ou se ainda serão reprises – é meio temerário que seja este último.  Mas uma coisa é certa: quando o programa voltar, será com novo cenário e em estúdio que tem o dobro do tamanho do atual. Só não sei se é maior que o velho estúdio A da Rua Bahia, mas enfim…

Ah, falando em RedeTV!. As festividades natalinas da emissora foram no estúdio G, e é impressão minha ou ninguém tinha tirado nada de lá desde a inauguração do local?… Estava tudo igual à festa da inauguração, que eu fui um dos 4 brasileiros que não trabalha na emissora que assistiu. (E nem assim eles me convidam pra tomar um café!…)

O que faz este blog tirar a ramela delle occhi é mais um caso envolvendo Zina. Ele foi preso por porte ilegal de arma de uso restrito.
Vizinhos ouviram tiros sendo dados para o alto em uma mata na região do Jaraguá, onde a polícia achou 5 cápsulas deflagradas (tô me sentindo um Renato Lombardi ou o Percival de Souza, mas vamos adiante). Por volta do meio dia, os policiais foram à casa de Zina. Indagado sobre a arma, Zina a entregou aos policiais: um revólver 38 com numeração raspada, e com igual número de cápsulas deflagradas. Zina passou a noite na delegacia, em silêncio, e só vai falar na presença de um juiz.
(Quer dizer: ele realmente possuía uma arma meio esquisita, não se sabe se era ele mesmo que estava dando tiros para o alto, mas não resistiu à prisão.)
A RedeTV! não se pronunciou ainda sobre o assunto. Zina ainda vai passar por exames residuográficos que dirão se era ele mesmo que estava dando aqueles tiros ou não. Disparos de ármas de fogo deixam resíduos que permanecem durante algum tempo nas pessoas e até objetos próximos. (Nessa eu fui de cabeça, a Wikipédia furou, é capaz de ter “exame residuográfico” na Desciclopédia!)
Mãns, esse lance de porte de armas de fogo ilegais é insuportável inafiançável, segundo noticia babando o R7. Isto é, Mr. Zine vai passar algum tempo em cadeia, e não será cadeia nacional de rádio e televisão. Provavelmente, Mr. Cæsar Polviglio vai ter um pouco mais de trabalho (ainda)  neste começo de ano.

Não aguento mais o visual deste blog. Ele pode ser mudado em breve, aguardemmm…