Arquivo da categoria: Sandálias pra eles!

Este blog não tem nada a ver com esportes, mas…

Está lá, só na Folha de São Paulo impressa, para não causar revolta entre os internautas! Há, mas não mais! Dançou, Sepp!

Você sabia que para qualquer barzinho que se preze colocar um telão ou televisor de 29″ passando jogos de la Copa do Mundo deste ano, esse barzinho terá de escrever pedindo autorização, em inglês, à FIFA?
E mais: SE aprovado, a FIFA passará um E-Mail ao qual a pessoa também deverá escrever pedindo autorização à Rede Globo?
E caso essa pessoa seja aprovada ela vai ter que pagar um preço, de número de dígitos não conhecido?
E se esse dono de bar não fizer isso, corre o risco de ser denunciado por seus concorrentes, que podem fazer ele ser proccessado?

Alô Partido Pirata do Brasil, o que vocês acham disso?…  Pois é, acho que nesta Copa eu vou fazer como fiz na última: só ligar a TV quando ouvir gritos pela vizinhança e olhe lá. Ou nem isso.

FUTEBOL, ÓPIO DO POVO!

Voltamos à nossa programação anormal.

EPA! Isto não foi pro ar…

Começa a ficar um pouco difícil a vida de Zina. No último Pânico ele ficou solenemente de fora de um evento oficial do Corinthians. Rendendo – melhor dizendo, pouco rendendo – uma das matérias mais fracas do último programa.
E agora, segundo informa Fabíola Reipert, o filme dele está ligeiramente queimado na CBF, à nivel de Jorge Kajuru Platinum Plus, digamos assim.
Primeiro, Zina xingou Adriano, que quase partiu para cima dele tal qual o imperador romano faria com seus legionários. A equipe acabou expulsa de Roma, digo, da Granja Comary.
Depois eles voltaram, mas Zina acendeu um cigarro dentro do restaurante do mesmo local e por isso foi posto pra fora do restaurante.
O Pânico na TV não está mais sendo credenciado à acompanhar a seleção brasileira de futebol.  (selecinha: Sandálias pra vocês! E não é Rider!)
Diante disso, é provável que o papel de Zina seja bastante reformulado no programa.

O dia em que o Ράпιсο ownou uma phazenda.

Este é mais um review do Pânico na TV. Mas um pouquinho diferente…
A RedeTV! está tendo uma grade ligeiramente voadora. Programei o vídeo pra 21h30 e já entrou direto no Pânico Delivery, com… Christian Pior, de novo! Caramba, it’s the Christian Pior Show! Fica esperto, Carioca, já já o Christian vai fazer o papel de…

Amaury Dumbo na festa dos 100 anos do Teatro Municipal do RJ, com a presença sempre amiga de Freddie Mercury Prateado e Makelelê Prateado. Ou quase: só Amaury ganhou pulseirinha e foi dentro do evento. Ou quase 2, ele acabou tomando o segundo cartão amarelo por alguma promoter na menopausa (e é GOL!). Por isso as poucas imagens de dentro do evento foram talvez as mais zoadas que eu já vi. Mas as performances da dupla prateada até que deram um salvão legal na matéria, que se safou com uma montanha de besteiras e vários minutos sem nenhum famoso, e quando eles aparecem, 30% deles estão de mau humor. Matéria às vezes legalzinha, mas, sorry Amauri, você vai ficar de recuperação.

Presidente Molusco e Zé Sarney no aniversário do cardiologista oficial de Mr. Da Silva. Pessoas públicas à granel. Uma quase matéria do CQC, mas valeu mesmo pelos recados dos pizzaiolos de verdade.

Mario Bros do Pânico. Princesa Peach estava malhando quando, de repente ela foi capturada pelo… Dr. Robotnik? Nô, ibetsile, por Koopa e seus asseclas! E por aí vai. Participação especial de um carateca e alguns répteis ninjas, frequentadores da Sessão da Tarde, que curtem a Pizzaria Pôr do Sol (veja mais adiante…). Foi um pouco acima da média desta vez, bacana.

Joseph Toalha atacando nas mesmas calçadas por onde passaram grandes artistas da RedeTV! em tempos idos, como Marquinho, Renê, Aílton e outros… Vamo rí, taca aí!

O Destruidor (ou o Festival RedeTV! de Cosplay) continua destruindo todas (mas não era o samurai inimigo das Tartarugas Ninja?). O esquema de apresentar flashbacks em “sanfona” continua, se você nunca viu esse quadro, veeeeja. Mas aaaaah, que beleza, chegou a vez dela, Chun-Li! (ou o Bolinah anda lendo este blog). Esbanjando graça, afinal ela é interpretada pelo ator do já saudoso “Noooooossaaaaaaa”… E mais uma vez, os Fiats são castigados pelo simples motivo de existirem.

– Dicas de Como Homenagear Michael Jackson com Marcos Chiesa and Director Boline vestido de Kiko (do Chaves) em carreira solo, sei lá… Desta vez trazendo as provas: Moonwalker sobre superfícies contundentes (aaai), sequência do Black or White (já tava na hora de alguém imitar isso), inclinada do Smooth Criminal (Bola bateu o récorde…), saindo da terra no Thriller, o lance dos cabelos incendiários que não é de videoclipe nenhum (eu vi o que Bola fez uma vez no Superpop, mas era com uma dublê profissional…)
Rapaz, ou o Michael é mesmo o cara, ou eles fizeram o melhor quadro desse aí de todos os tempos, sensacional, gostei com a primeira prova, a “namorada do Bola” no meio e tudo.
A propósito, o lance do Smooth Criminal era nos sapatos, eu jurava que eles inclinavam o cenário inteiro…

Vesgugu e Sylvio, no aniversário da agora bróder de emissora Lucília Diniz, naquela casa que o Impostor já cansou de entrar. Participação do vocalista do Double You (que vivia tocando na rádio onde eles trabalham…) e de Mylena Ciribelli, João Dória Jr., Fábio Arruda, Roberto Justus, Otavio Mesquita  e vários outros protagonistas de notícias das últimas semanas! Puts, tá bem de bróders a Lucília. A propósito, ela andou lendo este blog, os chocolates não são mais trancados no Econ. E finalmente de forma oficial na casa de Ms. Diniz, rola um Vesgugu na Minha Casa. Boa matéria, nota sete.

Alfinete, Sabrina e Zina… puts, de novo? Bem, eles queriam descobrir quem eram os caras dos “salves” do domingo anterior – e não é que ele mandou todos eles de novo?! Finalmente a equipe conhece os manos sub-20 da Xurupita e a Pizzaria Pôr do Sol (puts, quem me dera uma pitsa agora, trabalhei pra caramba hoje…). Participação de Maicou Jéqson da Xurupita, que canta melhor que o Maicoh Jeqson “chiq muamuá” de Ipanema.
A pizzaria não é fraca não, tem PFC, coisa que eu não tenho aqui em casa.
Ah, mas tem mais: Zina tem como sonho conhecer Edson Arantes do Nascimento. Adivinha o que acontece, entende? Essa Sabrina está se saindo mais ‘mágica’ do que aquela da turma do Archie! Pois é, rolou até a música do abecê, que o Ceará vive cantando.
Uma dúvida, apenas: porquê a marca da Goóc, que é patrocinadora do programa, aparece borrada na matéria? Essa eu não entendi.
Esta matéria tem o primeiro material do Pânico exclusivo para o portal, algo que já aconteceu com alguns outros programas. Se você é bróder do Zina, se liga truta, o material traz, no original, a lista de salves do Zina. E é sério, ao contrário de um quadro do Djalma Jorge Show de 1995 que era quase isso.

Marília GabriHerpes entrevista Zezé Sarnei e… mais VT do Maicou Jécson Polvilho, mostrando que ele domina todos os ritmos. Além de Belquior – que esconde uma terrível surpresa, para o desespero de Gabi.

Caso O Impostor. Para evitar soterramento de postagens, estamos usando o “More” excepcionalmente. Continuar lendo

Lá e cá…

O CQC ganhou o prêmio Contigo de melhor humorístico, e quem veio cumprimentá-los? Carodieckmann Lina! É mole?!… Tá, pode ter sido combinado, mas que as partes aprovaram, isso aprovaram…

MÃNS, por outro lado, acho que vai chover . Acreditem se quiser, el Repuêrter Vesgo acaba de GANHAR na justiça! A respeito do soco que ele tomou de Netinho di Paula em 2005, por ocasião da inauguração da TV da Gente.  Te cuida, Jenson Button…
(Se bem que isso acontecer à esta altura do campeonato, logo quando Netinho voltou a mídia e começa a reconquistar sua popularidade – até entre mim, se existe esse termo – isso parece uma ligeira sacanárre com o rapaz.)

BÔNUS TRAQUE
– O site do SBT anda aprendendo com a Globo.com e agora também está dando notícias institucionais sobre a emissora como um todo. A primeira é que Arnaldo Saccomani está escolhendo a trilha sonora de “Vende-se um Véu de Noiva”. Ok, ok, próximo… E preciso postar alguma coisa no ICBIt’s.

Ask doesn’t offend [Perguntar não ofende]

A Freemantle é uma empresa norte-americana que, cada vez mais, vem metendo o bedelho na programação da TV brasileira. E eu, aqui, me pergunto: Porquê uma empresa que cobra tão caro por teus serviços, tem embutido em seu nome a palavra “GRÁTIS”?…
Mantles, go home!
Voltamos a nossa programação (a)normal.