Arquivo da categoria: Record News

RecNov é dez: agora com 10 estúdios

Hoje, com direito ao presidente Lula no meio, foram inaugurados os estúdios I e J do RecNov, o complexo de estúdios da Record, o ex-Projeca (apelido que vai ficando cada vez mais distante da realidade). Um deles com 1000 metros quadrados.  Por dentro, parecidíssimo com os A, B e C da Globo.

Na realidade, nem mesmo a Record se deu conta, mas eles, para fazer novelas, já estão um pouco  maiores do que a Globo. A Globo usa pelo menos um estúdio, o F, para fazer programas de auditório – estúdio esse que até já pegou fogo, mostrando que é um legítimo estúdio de TV brasileiro…
Já programas semelhantes da Record não ocupam espaço no RecNov, são todos na Barra Funda (11 estúdios). A propósito, a Record fez questão de mostrar o terreno baldio que há na frente desses estúdios novos, dando a entender que certamente vem mais letras do alfabeto por aí. Quem sabe talvez baseado na Warner Bros., que tem 36 estúdios em Hollywood…

De repente, se o Video Show começar a mostrar as obras do estúdio K do Projac, já sabemos o porquê.

Bem, desejamos só que agora sejam totalmente desmentidas aquelas notícias desagradáveis, como que a Record vigiaria tudo o que os funcionários falam nas salas de controle e que estariam ‘regulando’ a água dos bebedouros.

Ah, pra finalizar: Como se a gente não soubesse o que passa na Record nesse horário...Como se ninguém soubesse o que passa na Record nesse horário….

Caso Zina

E durante o dia de hoje, recebi surpreso a informação de que Zina, do Pânico na TV, estaria preso , acusado de porte de cocaína.Tem algo de muito estranho aí. Cocaína é estimulante (não o contrário, como seria maconha), e ele vivia com sono durante as matérias !!! Esse era, aliás, um dos principais obstáculos para que as últimas matérias rendessem.
Por enquanto, a RedeTV! se cala a respeito, e a Record News e o R7 estão deitando e rolando (só faltava eles falarem alguma coisa no Jornal da Globo, o que eu acho improvável…)

E mais contratações bombásticas

Marcelo Rezende, que estava fora do ar depois de um período na RedeTV!, foi contratado pela Band. Craro, para um programa jornalístico próprio, o que pode ser uma boa. Bandidos, tremei –  ou sintonizai na Band, esse aí é phera. Na época do caso do “falso PCC” do Gugu, Rezende colocou no telefone um integrante da verdadeira facção criminosa, dizendo que aquela estratégia anunciada pelos “Alfa” e “Beta” seria equivocada, pois colocaria a sociedade contra eles. que eu comecei a entender os bagúio, mano.

Mas a contratação que mais me surpreendeu foi a do jornalista Daniel Castro, que estava na Folha e vai sair de lá para dirigir o talk show de Gugu Liberato no canal Record News. Muitos mal acreditam, porquê DC, um dos críticos de TV mais lidos do Brasil (além de exclusivo para assinantes do UOL, e deve ter gente que assina o UOL só por causa dele), foi um dos vários jornalistas à tecer críticas à Record e a IURD, e principalmente à ambas.
Então, se cuidem, Patrícia Kogut, José Armando Vanucci e Flávio Ricco… Além da Record News, o portal R7 também anda fazendo propostas, inclusive para eventuais desafetos do grupo Record, como o dono desse blog, que recusou a proposta deles.

Salt Cover de luxo

Eu devia ter falado antes: o reality show A Patenda, produzido pelo UOL, é melhor do que o original, rerere… Taí uma amostra do que a Salt Cover poderia vir a ser se tivesse um sponsor por trás. Aliás, algumas das primeiras gravações que eu fiz em 1995 também eram com bonecos. O Fernando Muylaert, o MuyLoco – atualmente no programa da Eliana, no SBT – também já fez isso – e gracias a Dios, melhor do que eu. A Patenda pode ser assistido na TV UOL – em breve os links diretos.

Record ressuscita jornalismo à la Cidade Alerta

A Record acaba de levar ao ar o programa Balanço Geral, um programa já conhecido de outras praças, apresentado por Geraldo Luiz. O programa ressuscita a linha de jornalismo abandonada com o fim do programa Cidade Alerta.

Boatos davam conta que o fim do Cidade Alerta foi devido a pressões do presidente Lula. Atualmente, ele diz nos jornais que ele não deseja um terceiro mandato. Se foi verdade que foi Lula que acabou com o “Cidade”, a Record agora diz: “Se ele não quer um terceiro mandato, ele não terá…” e catapimba, voltou com o jornalismo popular, às vezes tão rechaçado pela emissora, e que destoa frontalmente da tentativa da Record de ser uma outra Globo.

O programa hoje dividiu o horário com o já curtíssimo Debate Bola. Segundo a tradição recordiana, quando um programa passa a ocupar metade do horário do outro, é sinal de que o “outro” está com os dias contados… foi assim com o próprio Cidade Alerta, que passou a dividir horário com o programa Tudo a Ver até que foi empurrado por este.

Record News já está no ar e…

… e na Net (São Paulo), que dizia que iria boicotar o canal, surpreendentemente, não só o canal 93 está no ar, como a tarja com o nome do canal, na Net Digital, foi mudada, aparece Record News mesmo. Sei lá até quando, mas ao menos dá pra notar um pouco o feeling do canal.
Além de notarmos uma mega-curiosidade: o locutor da Record News era, até a semana passada, a voz padrão das Organizações Tabajara, Oziel Monteiro!!! É o segundo locutor que a Record rouba do Casseta & Planeta: Danton Bhorer, hoje no TV Fama, já narrou o programa Casos Reais, da Igreja Universal. E fez isso simultaneamente ao seu trabalho no C&P e até mesmo ao lançamento de sua carreira como humorista, na banda “Os Dantons”! Vai entender… Pelo menos o locutor da RN não é o mesmo locutor da Record VHF, que eu não sei quem é, esse trabalhava feito uma mula, fazendo narração em todos os canais da Record, nos programas da Iunáiversal e até mesmo em quadros de humor. Vai ser workaholic assim na China, com seus vários canais da CCTV…

E cês viram?! Edir Macedo, the bishop, “o hôme”, estava na inauguração da Record News e foi apresentado como o “proprietário da Rede Record”!!! Pra quem nasceu de 1990 em diante, talvez ele fosse um desconhecido. Ao contrário de Roberto Marinho and seus filhos dele, Edir não costumava aparecer muito na programação da Record sem ser nos programas de su denominación. No final do discurso, agradeceu a Deus, pra phelicidade do Cardoso e eventuais ateus na platéia.

A única coisa chata no canal é que a qualidade da imagem é igual à da antiga Rede Mulher, ou seja, inferior à da Band News (não considero esse canal como “concorrente da Globo News”, os dois são muito diferentes). Isso atrapalha um pouco a leitura da tarja rotativa da Record News, talvez feita pensando já na TV digital, sei lá.

E um singelo detalhe que ninguém percebeu: a Record, que usa em sua programação a fonte Vogue Rounded, que ficou famosa por ser usada pela Rede Globo, agora retoma o tipo de letra que a Rede Globo usava antes de Hans Donner chegar, conhecida como Eurostile Extended Bold. Pra quem quiser brincar [pode se queimar, é sempre assim, até o fim, e nunca vai mudaa-aar…] pegue digrátis aqui.

E por falar em Record, eu gravei (capisci?) o início das transmissões. Só que isso, curiosamente, conseguiu sujar a cabeça do meu vídeocassete com uma fita zero bala… Pra quem não sabe, Record era o nome de uma loja de discos (a record is exactly um disco) de propriedade de Paulo Machado de Carvalho, que deu origem à Rádio Record, que por sua vez deu origem a TV Record, que por sua vez degringolou quando passou a mostrar o programa dos Records do Guiness, mas aí já é outra história. Sucesso à Record News!