Arquivo da categoria: Rede Record

Três petardos

– O Pânico na TV teve uma discreta presencça na “Rede Glóbulo de Televisão”. O time do Independiente de Medellín, que empatou em 1×1 com o Corinthians pela Libertadores, foi patrocinado pelo Pânico Energy Drink. O fato foi destacado no Twitter pelo pessoal do programa. Uma invasão das mais sorrateiras, porquê pouca gente conhece esse produto ainda. É provável que os funcionários da Globo nem tenham percebido. Acho que ainda não foi páreo para as camisas do Vasco com logo do SBT, e por falar nele…

SuperNanny é um programa que eu sempre assisto no site do SBT…
É estranho, mesmo não sendo casado (alô, animadoras canadenses, japonesas e coreanas, o meu abraço fraterno, 당신을 사랑합니다!) and não tendo philhos, eu vejo esse programa e presto atenção. Talvez para agir certo com os futuros filhos dos meus parentes, sei lá, não quero ser um tio fanfarrão. Muito menos com o phuturo cidadão americano radicado nas Filipinas Chung Wang S. C. Barros (rerere).
O fato é que o episódio desta semana promete ser bombástico. Chris Poli estava iniciando seus procedimentos, quando ela começou a ser contestada pela mulher que ela estava ajudando, mesmo quando os filhos desta estavam aceitando os métodos (o que não é muito comum nesse programa)!  O embate acabou levando Chris às lágrimas e deixando o episódio sem final, pela primeira vez – o programa é gravado desde 2006. Já havia acontecido de uma família não conseguir resolver seus problemas, mas isso aconteceu depois do final das gravações do episódio. Sacanárre! Força, Chris!
Falei do site do SBT. É capaz desse episódio ser um dos campeões de audiência no site.

Mais uma coisinha. Hoje, na Praça é Nossa, Porpettone “Tévez” vira um Na’Vi. Tá, um “anão” deles (os caras tem 3 metros de altura – o pior é que em 1994 eu tava desenhando uns personagens com proporções parecidas, só que eram marrons…), mas muito mais bem feito do que outros covers que já vi por aí, nessa a maquiagem do SBT me surpreendeu!

– Os prédios da Rede Manchete na Rua do Russell, projetados por Oscar Niemeyer, onde era a parte administrativa e estúdios de jornalismo e linha de shows da extinta emissora, estão na mira da Record para serem sua nova sede en la Ciudad Maravillosa. Lembrando que estúdio de novelas, eles já tem 10 no RecNov (ou RecDez, sei lá). A Record pode de repente acertar na mosca.

Calma, não é o fim do mundo! Ainda

Se você ligar qualquer dia desses na Band e ver uma pessoa que… sei lá, não se parece mais com uma pessoa, não se assuste-se-lhes. Dennis Avner, conhecido como o “Homem-Gato”, está no Brasil. Ele já apareceu em reportagens no Domingo Legal fase Gugu, e fez sei lá quantas cirurgias para se parecer com um tigre, algo assim, que lhe custaram uns 200 mil dólares.
Certamente, portanto, ele não fez cirurgias com o Dr. Robert Rey… o programa Dr. Hollywood já mostrou vários casos de cirurgias que foram propostas, mas não foram aceitas pelos cirurgiões. Já as de Avner estão mais para o body modification, e bota modification nisso.

Outro sinal do phim dos tempos é que em 2010 vai haver mais uma prova de automobilismo em São Paulo: Fórmula Indy, e em circuito de rua! Essa está meio dura de acreditar, ao menos até que a Band fale sobre isso na TV. Será que a suspensão dos carros aguenta? A do nosso Gol 98 ainda sofre…

Pânico 22/11: Quem precisa invadir a Fazenda, quando se tem… XURUPITA’S FARM

Nesta edição, curiosamente, o som estava ruim, não sei se era lá na emissora, se era a TV a cabo,  sei lá. Teve até microfonia no estúdio. Será que chamaram um pessoal que eu conheço?… (piada mais do que interna)
Mas enfim, vamos lá. Durante todo o programa, muitas chamadas para o último quadro, sobre o qual falaremos já já.

Marília Gabi GabriHerpes – que foi pro ar antes que o videocassete começasse à gravar, dammit! Nesta edicção, entrevistando Prefeito QSabe a respeito do aumento do IPTU. Além de “o Bina”, a Viga e Muricy, esclarecendo o porquê de sua situação no Palmeiras. E alguma nudez gratuita. E infelizmente, não das Panicats… Como diz o Rafinha Bastos, “eu vou sonhar com essa @#$%…”

O Mijo & o Bicho –  Também não está nos nossos arquivos-lhes. Desta vez, em uma “versão NBC”, com pavões – o menos aterrorizante dos animais até agora, mas nem por isso a galera conseguiu sair direito.

MEDA – Christian Pior no Troféu Raça Negra. Na mesma Estação Júlio Prestes de sempre, mas enfim… Começamos com o pé direito, com uma explicação hilária sobre Zumbi dos Palmares. Depois, beldades à granel, mais aquela galera que o Christian aprecia. Aliás, ele pergunta a respeito da phama dos nossos queridos aphro-descendants. E gente phamosa e importante dá as caras nesta matéria mais interessante do que engraçada.

Como é que você tem essa capacidade de improvisação? Zezé Motta
Medo de voltar pra pobreza, pobreza com S, com Z… Christian Pior

Opa, pergunta phorte agora: o lance das cotas! E a ainda relativa ausência de aphro-dèscendants na publicidade (porque realmente, aqui é Brasil, não a Suécia!…) E Glória Maria recebendo uma proposta realmente indecente.

Pânico Delivery. Bola, Dani Bolina e Nicole Bahls resgatam mais um bêbado from the night. O cara diz que tá “tomando social”, mas está pra lá de Bagdá. Ah, a prova dos leites é animal, uma das melhores idéias do ano!! BLEARGH, que vídeo do YT é aquele?!
“Isso aqui é a limusine do Netinho?”, pergunta a vítima. Nicole deixa escapar um “Ahh, tá”, bordão do Carlinhos, futuro Legendários. As cantadas e o papo barato do cara fazem Bola rolar de rir.
Curiosamente, ao contrário de outros quadros, eles terminam em um hotel, desses que começam com M. Mas lá eles fazem um rango daqueles que as Panicats tem que se desintoxicar.  Rapaz, a Dani tem algum problema sério, ela só regurgitou hoje… E a prova termina em ritmo de Domingo Legal fase Gugu.

Sabrina Sato no lançamento do filme Lula, o Filho do Brasil. Entrevista com atores e políticos à granel, os primeiros não muito comuns em Brasília. Na verdade, políticos foram poucos, então ela vai ao seu segundo habitat natural tirar suas dúvidas com os próprios. Inclusive com dúvidas sérias, como se esse filme seria marketing eleitoral. E a divisão que você imaginava acontece: governistas dizem que sim, aliados dizem que não. Sabrina pergunta se a criação do Vale-Cultura (benefício dos usuários do Bolsa-Família) também não ajudaria ainda mais pessoas a verem esse filme. E terminamos com um trailer, de verdad, del philme em questão, com o estádio da Vila Euclides . Quer dizer, um trailer MAL EDITADO PRA CARAMBA, porquê o cara não terminou de editar a matéria e talvez eles só descobriram isso no ar, nunca vi isso na minha vida!!!

Musa da Beleza Intérior… peraí, o que o time dos anões está fazendo na praia? Bem, para quem não curte, infelizmente a dupla Vesgo & Polvilho está de volta atazanando os banhistas. O QUÊ, o que o Morales está fazendo no Pãnico na TV?!… Rapaz, quanta gente maluca nesse quadro. Como o Polvilho, que prova da legítima farofa carioca. Os hits das rádios japonesas continuam os mesmos. Bl@rgh, a outra Musa da Beleza Interior da semana retrasada era melhor… O que não impede Vesgo de ter um aphair com a Ronaldette, digo, Kinder Ovo, digo… ah, vocês entenderam. Uma das Musas mais marmelo de todos os tempos, assista e revolte-se…

Amaury Dumbo na phesta de Cláudia Jimenez (não confundir com as esposas dos patrões). Para você que estava no colégio, lembra da Edileusa, do Sai de Baixo? Pois é.   Rapaz, o DJ Zé Pedro emagreceu… Freddie Mercury faz pegadinha com Rafael Calomeni, sei lá se é ele. Amaury desintegra a “peruca” de Toni esqueci o sobrenome, um dos atores mais Recordais de todos os tempos, o cara está na Record desde a época do Ratinho.
Rapaz, é impossível não rir com a arma laser do Freddy Mercurie Prateado brincando com o “pai”. Makelele Prateado aproveita pra fazer na frente de Jorge Fernando a piada do “cachorro do Jorge Fernando”. O laser tá engraçado, mas deve encher el saco do pessoal.
Aliás, eis que o quase impossível acontece: Makelelê Prateado e Amaury Dumbo entrevistam Danny Glover! Que entendeu todas as piadas!! O ator estava no Rio e havia se encontrado com o prefeito Eduardo Paes.
Opa, hora do rango, Dumbo Restaurantes! Se voc~e gosta de queijo, não perca a bebida do moment… peraí, bebida?! Enquanto eles gravam, um carro bate na Vieira Souto.
Rapaz, tenho a impressão que hoje eles trocaram a Ypiroca por absinto ou algo assim… Ypiroca isn’t supposet to be blue.

Zina Safari: Uma missão dipherente e nada futebolística. Zina, Alfinete e Sabrina estão no Zoológico de Americana (tipo assim, hã?) e conhecem uma galera animal, para aprontar altos agitos! Rapaz, o Zina é chavesmaníaco, será que ele baixa lá no Chilango, dia 12/12? E salves à granel. O que salva os Salves são as fotos… Tá, também tem os salves de mentira no meio da lista, como o salve pra galera de Higienópolis… Peraí, Zina tá misturando as estações, é leão ou Zé do Caixão?! Zina fica vidrado no hipopótamo – que, pra quem não sabe, é um animal muito mais perigoso do que os leões de cenas anteriores, mas quem disse que eles não encaram?…  Zina surpreende ao fazer uma imitação do Pato Donald meio aparentada do Smiggle… (e enquanto isso, talentos como Pedro Manso e Robson Bailarino ficam as 11 e 45 da noite, aprisionados naquela Record do caramba que não põe os vídeos no site deles!)
Vamos ao quadro: Momento TV animal, Zina e Sabrina fazem aquela prova que tanto medo e calafrios causa nas pessoas, que é ter um contato mais íntimo com a natureza, à nivel de Richard Rasmussen…

Marcos Chiesa e… Dicas de Vídeo da Internet!! Boleta imita alguns vídeos que tem por aí, como o buldogue skatista – aliás, é nesta primeira prova que ele quebra o dedo, por isso que ele aparece com o dedo enfaixado neste programa.  Depois tem, “Camisinha na Cabeça” (mas com um elemento a mais), Lilian Witte Fibe se acabando de rir (nessa época o YouTube sequer sonhava em existir), mas aqui Bola ri por outro motivo. E vídeos de dança: um imitador daquele clipe All the Single Ladies (com aquela letra complicadíssima: “All the single ladies, all the single ladies, all the single ladies, all the single ladies”… e depois falam do phunk carioca) e outro clássico, uma dupla de coreanos que dubla músicas, com Bola fazendo o papel dos dois.
Mas depois, os Bolas desafiam o inpherno (em todos os sentidos). Baseado na experîência motociclística do insubstituível Jεґємίαѕ, Bola toma todas e tenta andar de lambreta estando tão ou mais breaco que os clientes do Pânico Delivery. Só tenta, claro.

E chegamos ao ponto alto deste programa. Notícias de Fabíola Reipert no R7 dão conta de que a segurança de Madd… digo, é irmã gêmea, mas é diferente, a segurança de A Phazenda, da Record, estaria já prevenidíssima para a aproximação do Impostor e de todos os seus asseclas, com direito a screencaps de toda a turma.
Mas aí o Pânico na TV vem e mostra o dedo do meio, com este novo quadro chamado… XURUPITA’S FARM !!! “O primeiro e último reality show do Pânico na TV!”  (Na verdade, em 2005 teve a Casa dos Primatas, com a Sabrina. Mas a produção não chega nem perto dessa aqui.)

Cacetada, que produção é essa? O Tutinha levou pro lado pessoal, por acaso? Isso é produção à nivel SNL, isso se eles fizessem externas.  O programa é apresentado por Alfinete (que reclama que Britto Jr. não dá pra ser imitado, e pra complicar, com a barba, ficou igual à ele mesmo)
Os “peões” deste pograma-lhes sont:
Michael Jackson da Xurupita
Zé Bonitinho da Xurupita
Zina
Sabrina Sato (expert em reality shows)
Maurício Ranieri (Thiego, produtor)
Dentinho (aquele)
Amy Winehouse (aquela mesma, ressuscitada especialmente para este quadro!)
Xupla (o Impostor, não o Legítimo, do Brothers)
O Fã
Garoto Xuxa (“Mexeu com a Xuxa, mexeu comigo!”)
As Garotas-Tarja de Tambaba (Nicole e Dani)
Piu Piu
GGeyse
Bom, e a partir daí, surgem situações variadas, intrigas diversas, como nos reality shows que tem por aí, é auto-explicativo – sobretudo pra quem não gosta deles.  Prepare-se, porque uma das provas lembra mais ou menos aquele programa Trabalho Sujo, e eles vão limpar aquilo que o Alborghetti valoriza mais do que o pessoal do РCС!…
O “LUAU” então que eles fazem, é coisa de gênio. Como todo reality que se preze, aqui também tem festas, e numa delas, Xupla tenta se dar bem.

Vamos GGeyse,
come on me and fall in love!…
Xupla
URGH!! Xupla, após GGeyse came on him

E tudo termina com uma eliminação. Mas a forma dessa eliminação é quem é eliminado é o tchans do baguio. Com direito a um mega-erro de continuidade! E a eliminação termina pondo frente a frente dois personagens do programa que nunca estiveram juntos.
E depois do Carro dos Sonhos, mais ou menos assim termina mais um Pânico na TVaska! Agradecimentos ao portal da RedeTV!, que postou os trechos que eu não consegui gravar – na verdade, por um motivo simples: o programa não tem hora certa para começar, ele começa depois de uma matéria reprisada qualquer, e é esta que começa as 21 horas, dando praticamente 3 horas de programa. Haja VHS, haja fígado, haja Eparema!…

ErreideTV e o Primo Pobre de TPiR

Eu falei de RedeTV, RedeTV, RedeTV, fiz resumo do Pânico… e por pouco, quase que depois dele vem outro resumo do mesmo programa. Gente, que semana mais pherrada, tinha que ser logo a do meu aniversário?…
Mas hoje é a desphorra! Deles. Hoje, ex-funcionários da RedeTV! se reunem na Casa do Espeto (Rua Cotoxó, 582, bairro de Perdizes) para o evento ErreideTV. Eu queria poder estar lá fazendo uma cobertura exclusiva desse evento, mas não dá, droga… (Drogas, tô phora.) Se alguém quiser phazer uma cobertura por lá, esteja à vontade.
Eu queria saber que histórias são essas que essa galera da pesada tem pra contar, porquê, por tudo que foi mostrado na tela redeteval, parece até que eles estão falando de empresas diferentes… Na minha cabeça, o subconsciente pergunta: Tem certeza que eles não são ex-funcionários da Record, que não podem tomar àgua em bebedouros e são vigiados nas salas de corte e edição, coisa e tal?… (Era bom o Jornal da Record desmentir essas duas histórias, citadas em colunas de televisão, que me fazem ter uma certa raiva ainda dessa emissora.)

E por falar em Rede Record, que fica a 3,7 km da Casa do Espeto: Phinalmente consegui assistir à O Preço Certo. Rapaz, que horário, lá no meião da tarde, é meio difícil de acompanhar.
Esqueça as paredes purpurinadas e as lâmpadas piscando como  de letreiro de cinemas da velha guarda. Eles compraram o roteiro do programa, que tem totalmente a cara da Record do século XXI, à beira da decada de 10. È tudo bem mais eletrônico do que o original – televisores de LCD e um telão (aliás, o mesmo do Gugu) substituem os placares eletrônicos do programa americano. Apesar de ser tudo de última geração, sei lá, me dá a impressão que estou vendo um primo pobre de The Price is Right.

A única coisa que é idêntica mesmo ao TPiR é o, digamos, “Lombardi” poder aparecer no vídeo. No caso, “a” Lombardi da vez é Débora Santilli, que também é apresentadora do Shop Tour (e não largou o programa, essa aí é highlander!).  O locutor do TpiR ficava num canto com uma cortininha com o símbolo da CBS (cráááásico, pena que é da V*acom), mas se o apresentador se dirigisse à ele, não tinha o menor problema dele aparecer, bem diferente da situação do Lombardi em todos os anos. Lombardi ficava em off, mas na frente da platéia, como mostrava o vídeo do calouro Lourival Jesus, que foi pro microfone dele.
Na Record, Débora fica em uma mesa elevada no meio da plateia.  Falta o apresentador Juán Alba decorar o nome dela, ele estava chamando Débora de vários nomes diferentes na edição que eu vi…
[Aposto que o pessoal da Fremantle vai bater a cabeça dizendo: “Mas olha aí, o apresentador se chama Juán, como é que você vem me dizer que os brasileiros não falam espanhol?…“]
A propósito, nada de microfones estrambóticos, como os do TPiR e do Atinale al Precio, Juán usa um headset mesmo. Sacanárre, a marca registrada do TPiR é o microfone estrambótico. O apresentador mais famoso do programa, Bob Barker, que se aposentou em 2007, chamava a atenção por usar um microfone com fio mesmo já em 2007, com o programa sendo transmitido em HD. Ele não se adaptou aos microfones sem fio quando eles surgiram no mercado…

Mas uma coisa fica clara. Depois de muitos anos de Topa Tudo por Dinheiro, meio que surge um estranhamento quando você ganha outras coisas, produtos, que, sei lá, às vezes podem não combinar com você… e cujo destino podem ser talvez as páginas do Primeiramão, o Mercado Livre ou uma loja que fica na rua Nestor Pestana que vende produtos enjeitados em geral, nem sei se existe ainda.  Falando em produtos enjeitados, a maior prova disso: um dos produtos oferecidos era um carro amarelo. Quando o brasileiro, que mora em um país tropical, de aves multicoloridas e emissoras de TV mais ainda, e chato pra k@#($)@ e só compra carro preto, prata, branco e, na pior das hipóteses, vermelho, pra lembrar das Ferraris!…

O Preço Certo
é exibido (Introvertido? Taciturno, talvez) pela Record de segunda à sexta às 14h15.