Arquivo da categoria: RedeTV!

Pânico na TV 06×10: Assim cês me matam de vergonha (98%)

Olá preclaros telespectouvintes, vamos ao que rolou nos Pânico-lhes nas Tevês-lhes ! (Pootz, talvez eu não seja um fã tão ardoroso do programa, ainda não sei toda a letra da música-tema…) Este review ainda não está completo, falta escrever sobre o final do programa, em breve, neste local!

Momento Pânico: Esse foi bem-vindo, já que não deve estar mais no YouTube: Karaokê do Pânico com as legendas para Losing my Religion, do REM (putz, voltei aos meus 15 anos). Oooolá, espiga!
Aí vocês notam o trabalho dos pioneiros da edição do Pânico, atualmente em outras casas, se não me engano, dois deles foram pra Record para trabalhar no futuro projeto Carlinhos & Vinícius, que até agora é uma massa amorfa de gases, mas enphim, olha aí. E emendamos para o saudoso Lingeries em Perigo, com participações das ex-Pânico Danielle Souza e Tânia Oliveira. A prova é andar de bicicleta por cima de bóias (ou boias? Böias? Algo assim), só que Marcos Chiesa e um então desconhecido Diretor Bolinha ficam pilotando um jetski e jogando bexigas de água nas competidoras.

– O programa não demorou para começar, e já vamos de Medda: Christian Pior no lançamento do filme sobre Chico Xavier. Não será à primeira vez que o conterrâneo de Christian aparecerá neste programa. Conphesso que a frase a seguir me fez rir:

– Espelho, espelho meu, existe alguém mais chique do que eu? Amin Khader
Querida, Clodovil morreu, o trono é meu! Christian Pior

Bento XVI, eu se fosse você, dava um jeito de dar uma entrevista pro Pânico, porquê a coisa tá braba, parece que esse filme está fazendo sucesso! Bom, mas também até eu que não tenho nada a ver com essa galera sei quem foi Chico Xavier, que foi cantado em prosa e verso até por Elis Regina. Christian Pior talvez não saiba, mas o Brasil-sil-sil é o país com o maior número de kardecistas do mundo. A matéria até que rende bastante – até mesmo os “chavísticos” Espíritos Zombeteiros entraram na jogada.

Vesgo & Polvilho em busca de Antônio Nunes. Desta vez eles vão à Porto Seguro, onde o supracitado teria sido visto, e eles não estão sós nessa parada, pois eles contarão com a ajuda da cantora de ascendência francesa Cláudia Léitte! Bem, isso e outras mil coisas, como os estranhos salgados “aprovados pela Internet” (?!), o irmão suíço de Théo Becker, e um desnecessário body shot tupiniquim.  Vesgo e Polvilho dão uma de Senor Abravanel e diz que Londres tem hino, para desespero do editor. E por aí vai. Pra encurtar, eles chegam a fazer música pro Antônio Nunes com a Cláudia Leitte que… sei lá, entende? E o editor deixa passar um “sucesso externacional” sem aquelas letras deslizando na tela ao som de cuco.

Timão, ê ô! Hakuna Matata! Alfinete e Vovó estão em mais uma missão: se encontrar com Roberto Carlos, o homem das pernas de aço, que prometeu falar com eles no jogo passado! Junto com eles, Roberto Carlos da Fronteira, da Seleção Brasileira Cover. Só que ele passa pelo batismo da Gaviões, aquele lance de ficar no bagageiro do ônibus, que você já viu no Pânico este ano. No Pacaembu, eles assistem á Corinthians vs. Cerro Porteño. E no intervalo, as perguntas muito loucas do Twitter da Vovó (putz, Sessão da Tarde agora…) Andrés Sanchez parece estar brigado com a dupla. Ué, Andrés, qualé, eles não são colaboradores do Blog do Paulinho, reconsidera aê!… O pessoal tenta oferecer um ovo de páscoa, mas só pela cor, ele parece mais um ovo sabor Cera Grand Prix. Ao menos Roberto Carlos mostra que tem boa memória e desta vez atende à equipe do Pânico: “Alô… Tô ligando pra saber como você está… Tava à toa e por isso resolvi ligar…” [Editor do Pânico, gritando: “Seu burro! Essa música é de Chitãozinho e Xororó!”]

Vesgo & Sylvio, adivinhem, em mais um flash mob! Mas essa eu não adivinhei, eu vi no Twitter mesmo. É mais uma Guerra de Travesseiros! Curiosamente, parece que eles são pegos de surpresa pelo início da guerra, para desespero da dupla flashmobilística. O evento acontece debaixo do Viaduto do Chá, por causa da chuva, mas alguns resolvem enfrentar a chuva, que torna os travesseiros mais pesados. E Vesgo, que já havia arregado, volta para uma nova sessão de travesseiradas à la Mike Tyson. O chato é que aí ele se torna o centro das atenções.

Quem Chega Primeiro? Penúltimo episódio, sendo que só a partir deste eu tô resumindo essa bagaça, mas paciência, meu philho! Juju finalmente passa a fronteira e já está em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul (terra de Otaviano Costa, Celso Portiolli e de um pessoal que trabalha comigo), onde mostra a superioridade dos hotéis brasileiros, inclusive os com 1 estrela ou menos! Brasil-sil-sil!  E el Impòstor chega à Punta del Este, no Uruguai, onde descola na cara de PAL um lugar em um city tour. Juju, em um ligeiro desvio de rota, vai à cidade brasileira que faz jus ao nome, Bonito, onde ajuda o pessoal de uma ONG a fazer papel reciclado. Qué isso, Impostor tá querendo se enturmar demais! Juju, em Bonito, protagoniza cenas dignas daqueles quadros de Bóris Vallejo e Julie Bell, ou da revista Heavy Metal (é, tem coisas que eu conheço até demais! Segue!) Impostor se arrisca PRA CARAMBA, e abusando de seus talentos (não os de prata, os outros…) despista o city tour e ataca de vendedor de água pra levantar uma graninha… COM A CESTA DO SUPERMERCADO!!! Juju pensa em como vai ir à Campo Grande para pegar um avião de volta à São Paulo Futebol Clube.
Cacetada, essa merece um parágrafo. Impostor passa um 171 PHEDERAL nos uruguaios, se fazendo passar por um conhecido deles… Vendida a água, Impostor fica de olho na segunda casa de Amaury Jr., o hotel Conrad. Seu objetivo é apostar o dinheiro que tem, uns 100 dólares, pra levantar mais e assim voltar ao Brasil. Pô, Impostor, cê sabe jogar essas coisas? Já Juju pega carona com um caminhoneiro até Campo Grande, e dá de presente… a edição de Playboy featuring ela mesma.  Impostor não ganha mais dinheiro, inphelizmente. Mas… una bendicíón se les caye de los cielos, como diria Marcos Witt nessas horas, e eles receberão uma ajuda para completarem a última etapa deste juego, semana que viene, en el Páááánico!

– E sem prévio aviso, caímos na gandaia: Spring Break parte 3 com Vesgo, Bola e Nicole na noite de Cancún. Um pessoal que, de tão realizado na vida, não tem nada pra fazer e acaba inventando algumas doideiras ALÉM daquelas todas que a gente já viu. Apesar disso, nem tudo está perdido neste mundo, e Vesgo quase vira um “Amaury Dumbo versão mexicana” ao pedir que uma garota mostrasse os seios na hora errada. Mas você vai rir com a que vem em seguida: “Es mi birthday”, diz ela, vesga de tudo…
Nicole passa por uma experiência curiosa, a de fazer uma espécie de breakdancing invertido, no meio da balada. De cabeça pra cima já é uma loucura, imagine assim. Bola deve estar torcendo para o Diretor Bolinha não assistir esse quadro pra ele não ter ideias
Na verdade, breakdancing o caramba, a pessoa vira o Pião da Casa Própria, com participação especial de algum vídeo do nosso colega de auditório Hamilton KK, do blog O Baú do Sílvio! (Iar, iar, iar… Nossa vingança foi malígrena) Bebidas, beijos na boca, como diz o Casseta & Planeta, “ninguém é de ninguém”… E partimos para o body shot sólido, com chantilly, uma ação social para ajudar as pobres empresas italianas (Sério: Todos os tubos de chantilly em spray, não importa a marca, são feitos na Itália! Da próxima vez que você for no supermercado, dê uma olhada! Ê monopólio of the caramba.) E vai daí mais coisas que os seus pais não aprov… Ah, peraí.

O título deste resumo vem deste quadro. Você, meu querido adolescente que não deixa os pais entrar no quarto de jeito nenhum e esconde revistas para maiores de idade, baseados, cachimbos, seringas e coisas que tais, sorte a sua, porquê eu NUNCA, JAMAIS tive um quarto indevassável na minha vida. Eis o segredo contra as drogas: uma mãe que não abrirá mão de entrar no seu quarto enquanto o IPTU não estiver no seu nome. E, infelizmente, solteiro, ainda moro com os meus pais, e a minha mãe cismou de limpar o meu quarto enquanto o computador estava gravando este programa. Resultado, por pouco este resumo não sai nunca mais, digamos assim. Obrigado, Pãnico na TV, o programa da phamília brasileira.

A matéria seria meio monótona, não fosse pelo inesperado toboágua que corre por cima da balada, no qual Boletation dá uma volta. Pô@#$%, tem mais? Já inventaram as fitas DVCAM de 2048 minutos, por acaso?!

– Baixando a bola e subindo o nível um pouco, vamos à festa de encerramento do BBB 10, com Bicésar (Márvio Lúcio) e Serjinho “Aloka” (Edu Sterblich), que encontrarão enfim seus originais. Enfim, muitas piadas que só quem acompanhou o BBB 10 vai entender, o que não foi o meu caso – mesmo. Desculpa aí, Boninho, enxuga as lágrimas, assim é a vida… Na chegada de Lia, nota-se a presença do “pai do Freddie Mercury Prateado”, que é um dos seguranças do evento. Opa, eles percebem depois!
Dicésar e Serginho, pelo visto, gostaram de terem sido retratados pelo pessoal do Pânico. E Lia, quem diria, mostra que assistia o programa antes de entrar no BBB. Serginho sai apressado, mas até que dedica uma atenção generosa ao seu cover.
Opa, surpresa! Imagens do Pãnico da Jovem Pan, algo que não aparece na TV há uns 3 anos, no mínimo, mostrando entrevista da ex-namorada de Michel. Pô, essa matéria é longa pra caramba, queria que outras matérias de anos passados tivessem sido assim… Peraí, Marcello Novaes não é BBB! Esse entrou pela porta da frente! O que ele faz ali?!
E terminamos com uma ligeira revolta do editor de imagens, mostrando um take por inteiro. Eu trabalhei feito um burro de carga esta semana – e em Final Cut Pro também, portanto compreendo totalmente o que se passa…

Sentindo no Couro. Neste episódio, Marcos Chiesa prova a dura vida de um lutador de sumô. Quer dizer, os lutadores de sumô tem uma vida boa, é que o treinador deles não é o Diretor Bolinha! Aqui, voltam algumas coisas do “5 Maneiras”, como aqueles beijos cinematográphicos (do cinema-arte japonês, bem entendido). Diretor Bolinha vira o Pai Mei (Mei Lesado das Idéi).
Atenção sra. Tânia Oliveira, acho que a sra. vai gostar de assistir a este quadro… a primeira prova é algo que Bola já tinha feito com outras pessoas, mas não consigo próprio.

– Por trás de acusações maldosas sempre existe um argumento fraco! – Bolinha “Pai Mei”
– Pronto, já vai começar com esses provérbios do inferno… – Marcos Chiesa

O pior é que Bolinha se amarra em provérbios como esses, pelo que ele posta no Twitter. Só que são diferentes, alguns são provérbios maoris, uma tribo da Austrália. A seguir, temos o Twister™ Bem-Acompanhado, onde Boleta joga este jogo junto com alguns “amiguitchos” indesejados.
E, de resto, vamos à luta, companheiros! Boleta volta ao papel de E. Honda, que ele já fez em outro quadro do Pânico há uns 2 anos. O final, como sempre, termina com um beijo românts… putz, só vou no banheiro um pouco e já volto… aaaarghhhh

Dança, Dilma! Sabrina Sato (só ela, à la Christian Pior – que, curiosamente, não apareceu mais no programa, ele já chegou a aparecer em 3 matérias numa mesma edição!) acompanha a cerimônia de desincompatibilização (virj!) dos ministros que vão se candidatar à cargos eletivos nas eleições que estão chegando (Brasil, pellamordeDeus, nos mesmos caras de novo não, principalmente no Legislativo! Alô Minas, vire à esquerda, PELLAMORDEDEUS, senão este blog não existirá em 2011!)
A pergunta “O que é melhor para o Brasil” foi sensacional. Sabrina também pergunta sobre a possibilidade do Brasil ter pela primeira vez um primeiro-marido.
Já em São Paulo, Sabrina e Dilma Cover vão atrás de José Serra novamente, desta vez na inauguração do Trecho Sul do Rodoanel Mário Covas. Os caras não perdem tempo e já tiraram sarro do atual governador de São Paulo, Alberto Goldman.Uma curiosidade é que o evento foi “sabotado” por professores que fizeram um protesto, e estes adoraram a presença de Dilma Cover.

Marília Gabi GabriHerpes – Hoje entrevistando a lenda do espiritismo Tico Xavier (sacanárre, ele mesmo já teve um talk show no Pânico, muito antes da Gabi, e não era ruim, não!), Chiquinho S-Carpa (candidatíssimo ao prêmio WTF 2010, até agora eu não entendi), Dorrabo (Marcos Chiesa), Ganso do Santos (Ganso dos Santos), e o cantor Pink Martin, o Menudo mais invejado pelos compañeros.  Por alguns instantes, Tico Xavier troca de modalidade de espiritismo… E o quadro termina à la Jerry Springer, digamos assim.

– Depois de uns merchãns saphados, um quadro que emocionou muita gente. Não pela mensagem comovente, mas porquê é um quadro estilo Pânico na TV Classic! Uma homenagem à la Páscoa, com um “coelhinho” ao estilo do programa. O pior é que aqui na WordPress tem uma lista de coelhos assustadores, e acho que o do Pânico na TV ganha de todos eles.
Infelizmente não voltamos no tempo. Se em 2004 as pessoas ficavam assustadas, em 2010 as pessoas já riem. O mais incrível é que o GC parece ter sido digitado por mim, ou por algum integrante do CQC, com uma frase mega-spoiler. Enfim, um festival de porradas sensacional – aprende aí, Playba!

O Famosão. Um surfista sente o gosto da fama, mesmo sendo amador.

Este review ainda não estã completo, falta 2% do programa. E tem algumas coisas interessantes, aguardemmm!

Três petardos

– O Pânico na TV teve uma discreta presencça na “Rede Glóbulo de Televisão”. O time do Independiente de Medellín, que empatou em 1×1 com o Corinthians pela Libertadores, foi patrocinado pelo Pânico Energy Drink. O fato foi destacado no Twitter pelo pessoal do programa. Uma invasão das mais sorrateiras, porquê pouca gente conhece esse produto ainda. É provável que os funcionários da Globo nem tenham percebido. Acho que ainda não foi páreo para as camisas do Vasco com logo do SBT, e por falar nele…

SuperNanny é um programa que eu sempre assisto no site do SBT…
É estranho, mesmo não sendo casado (alô, animadoras canadenses, japonesas e coreanas, o meu abraço fraterno, 당신을 사랑합니다!) and não tendo philhos, eu vejo esse programa e presto atenção. Talvez para agir certo com os futuros filhos dos meus parentes, sei lá, não quero ser um tio fanfarrão. Muito menos com o phuturo cidadão americano radicado nas Filipinas Chung Wang S. C. Barros (rerere).
O fato é que o episódio desta semana promete ser bombástico. Chris Poli estava iniciando seus procedimentos, quando ela começou a ser contestada pela mulher que ela estava ajudando, mesmo quando os filhos desta estavam aceitando os métodos (o que não é muito comum nesse programa)!  O embate acabou levando Chris às lágrimas e deixando o episódio sem final, pela primeira vez – o programa é gravado desde 2006. Já havia acontecido de uma família não conseguir resolver seus problemas, mas isso aconteceu depois do final das gravações do episódio. Sacanárre! Força, Chris!
Falei do site do SBT. É capaz desse episódio ser um dos campeões de audiência no site.

Mais uma coisinha. Hoje, na Praça é Nossa, Porpettone “Tévez” vira um Na’Vi. Tá, um “anão” deles (os caras tem 3 metros de altura – o pior é que em 1994 eu tava desenhando uns personagens com proporções parecidas, só que eram marrons…), mas muito mais bem feito do que outros covers que já vi por aí, nessa a maquiagem do SBT me surpreendeu!

– Os prédios da Rede Manchete na Rua do Russell, projetados por Oscar Niemeyer, onde era a parte administrativa e estúdios de jornalismo e linha de shows da extinta emissora, estão na mira da Record para serem sua nova sede en la Ciudad Maravillosa. Lembrando que estúdio de novelas, eles já tem 10 no RecNov (ou RecDez, sei lá). A Record pode de repente acertar na mosca.

Pânico na TV 02×10 (28/02/10):

Ói nois aqui outra vez! Com mais um Pânico na TV. Descurpem a demora, mas… não dá mesmo. Eu escrevi o texto até a metade e descobri que eram 2 da manhã. Não tem jeito, a não ser demorar um pouco mais, senão não sai as coisas. Chega de conversa, e vamos a mais um Pânico na TV, que teve momentos geniais e momentos boçais no mesmo programa, é uma montanha russa ou o quê? Clique em Manter a Leitura e vamos nnnesssa! Continuar lendo

Depois da Xurupita’s Farm…

… e depois da polêmica se a invasão ao BBB seria crime inaphianssável (mas nem que eu vou ficar do lado do BBB na minha vida) ou se realmente teria sido mesmo uma invasão (dizem que o Agente Delari já era conhecido da família de Tessália e que ele tinha sido convidado pela mesma), o Pânico na TV tem mais essa.
Segundo a coluna Zapping, de Alberto Pereira Jr., o programa vai, pela primeira vez, parodiar o BBB, algo que já tinha sido feito pelo Casseta & Planeta desde quando Pânico era só um programa de rádio, e pelo Show do Tom – e faz tempo, quando a Record não era essa Pepsi toda que está aí, antes da fase dos mutantes.
Como será o BBB na visão do Pânico na TV? Pelo visto, saberemos hoje (ou semana que vem, se Alan, óóóó dirèctor, leu a coluna e não gostou, dizendo “Calem-se, calem-se, vocês me deixam looooou-cô!”).
Aliás, o dono da voz que diz essa frase, Nelson Machado, está chegando nesta segunda (ou mesmo domingo, tudo só depende do site que hospeda os vídeos) com o primeiro programa de 2010 na TV Capricórnio, e com uma ligeira participação deste que vos digita.  Já já, no post seguinte, o que rolou no segundo Pânico na TV de 2010.

Até lá, leia este post sensacional do blog Tele-Visão: Parece que as emissoras de TV seguem um manual de instruções invisível

Será que sou SÓ EU que vejo vídeos no site da RedeTV!?

O nosso télespéctador Hamilton diz que eu sou a única pessoa que ele conhece que assiste frequentemente a RedeTV!. Então, no site, deve ser mais ainda. Olha só o flagra: Um vídeo de Amaury Jr., datado de 1985, em preto e branco, que no YouTube poderia quem sabe ter no mínimo, algumas centenas de acessos (ou muito mais se tivesse um uploader conhecido, como o José M. Neto), teve, hoje, a sua SEGUNDA exibição para nós!
E, detalhe: se fosse via MofoTV, seria um original em VHS. Aí, nesse caso, é um original em U-Matic, que tem qualidade melhor (mesmo que as cores tenham se perdido). Amaury Jr., inclusive, usou os serviços da empresa Procimar para converter todo o seu arquivo de fitas U-Matic e possivelmente algumas Betacam em DVD.
Amaury Jr., com um flag desconhecido da TV Gazeta, entrevista João Dória Jr., o então governador José Maria Marin (falando sobre o avanço do hoje DEM em São Paulo), Marta Rocha, o casal Bruna Lombardi e Carlos Alberto Ricceli, Tavares de Miranda (que tinha um programa na TV Gazeta anos antes), Roberta Close, Goulart de Andrade, Walcyr Carrasco e Terezinha Sodré. Se alguém mais além de mim tem curiosidad, o link é esse aqui.  Na época, o programa se chamava Flash e tinha uma abertura até que bastante caprichada para os padrões da época. Talvez o máximo de sofisticação que havia era o insert – e um a cada 5 minutos. E nem sempre bem escolhido!… Mas, taí.
E detalhe, estamos falando de Amaury Jr, que faz um programa classe AAA Machado de Carvalho platinum plus, não de outros tipos de programas que passam na mesma emissora horas antes……

Opa, não são só 4 programas… Show da Insônia

Depois de ser a principal atração do natal da RedeTV!, através de um TV Fama especial, o Pânico na TV vai animar o seu “show da virada”…  Segundo inphorma-nos Alberto Pereira Jr., da coluna Zapping, em 1º de janeiro de 2010, a partir da 1h da manhã, a RedeTV! vai levar ao ar 4 horas só de Pânico na TV.

Quer dizer, é praticamente um quinto programa da retrospectiva do ano, mas fora do horário e por pura iniciativa dos espósos de Daniella e Luciana. E com uma pequena vantagem em relação aos programas de verdade aos domingos: sem comerciais.
Ou isso, ou ninguém quis anunciar na emissora nesse dia e horário e os Hiper QY’s e programas que tais estavam todos de férias, mas, tudo bem!… Por enquanto, melhor pra nós. Em 2010 tem aquela história de que vão estrear 10 novos programas, e que alguns programas independentes poderão cair phora. Será?…
Uma coisa é certa. Em cada oportunidade que tem, Marcelo de Carvalho ensaia como seria ser apresentador de televisión. Foi mais ou menos o que ele phez, sendo o Papai Noel da festa natalina da emissora, que, desta vez, recebeu os funcionários e os philhos, no estúdio G – que é  impressão minha ou continua igual ao dia  da inauguração? Parece que não fizeram ainda nada lá dentro!

Bem, se você não pretende assistir televisão ou sequer estar acordado nessa hora, dia 01/01/10, hRrRreveja quaisquer quadros que quiser, através do Vírgula – dica do próprio programa, via Twitter. Só que alguns quadros estão, marotamente, engavetados, e em qualidade inferior aos que estão no site da RedeTV!. Mãns, de resto, estão todos – por exemplo, o primeiro episódio da segunda fase da Amy Winehouse, onde ela vai fazer exame no Detran. Meses depois chegam os “rivais” da Amy, desde megastars como Paris Hilton, até sub-sub-subcelébretes, como Repórter Vesgo e Zina, antes que soubessem o nome dele. Falando nele, foi nesta matéria que “Ronaldo!” virou vinheta do programa.
Bem², talvez me peçam pra eu HrRrésumir esse programaaaaaaço aí. E olha. Dia 01/01, 1 da manhã às 4… é mais provável o Joe Madureira fazer fan art dos meus personagens, porquê as galinhas já estão indo ao dentista faz um tempão.

O únco telejornal com caixa Leslie

Deu na coluna do Flávio Ricco:

Esses caras são muito jovens, nunca ouviram um órgão Hammond com caixa Leslie. É mais ou menos por aí. Tá legal, o nosso público tem idade pra ser meu filho… Essa é uma caixa de som na qual o som gira em 360 graus, e para isso acontecer, ela usa um motor que gera um pequeno ruído no fundo.

Bem, é mais ou menos isso que acontece no RedeTV! News. Os apresentadores e as câmeras ficam em uma plataforma giratória (claro, girando muito menos do que o motor da caixa de som…), mas desde a estreia dela eu notei que é possível ouvir perfeitamente o ruído do motor desta. Será que não dava pros microfones serem menos ambientais, então? (Porquê o Flávio Ricco tá doido pra parar essa plataforma… e não é necessário, é só uma questão de ajuste de áudio!)

Obrigado, Brasil! À 78 por hora…

O post abaixo teve 78 page views em apenas um dia. A maioria dela não tendo o Twitter como início! Só posso agradecer o carinho e consideração com esse blog chinphrim, sem imagens no meio dos textos e quase que sem cabeçalho, os quatro últimos que este site teve foram feitos às pressas.
Eu ia escrever isso, mas o honorável Blogaritmox saiu mais uma vez na phrente. O quadro Dicas com Marcos Chiesa, ou 5 maneiras, não estará no Pânico de 2010, segundo o Diretor Bolinha – que gracças á esse quadro até descolou um papel especial no programa, o de Joseph Jackson…
O quadro deixará alguma saudade, mas não tanto quanto a Hora da Morte, o Momento Amy Winehouse, e por aí vai. Mais ou menos como diz o Blogaritmox, se for para dar lugar a novas idéias, e que estas sejam melhores que a b1#%₫@ de Mr. Chiesa, tanto melhor.

Este blog fala sobre televisão também. Tem um comercial que está passando atualmente que tem uma criatividade como a dos velhos tempos da publicidade brasileira. E é de uma empresa que eu não vou com a cara! É o Itaú Personalitté. No comercial, as cenas são filmadas com uma lente tilt-shift, aquela famosa por fazer imagens de panoramas parecerem miniaturas. Só que agora com imagens em movimento. E, em fast motion, aquela frase “os homens, vistos de longe, parecem formigas” nunca pareceu tão real. Valeu pela criatividade. Ao contrário do seu “primo” Itaú padrão, que está com a mesma trilha sonora desde 1995, se não me falha a memória.

Pânico na TV, 13/12: Invadindo-se a si mesmo. E da próxima vez, vamos invadir a Jovem Pan!

Este foi um programa muito especial para mim, foi ao ar um dia depois de eu ter visto alguns deles ao vivo, a poucos metros de mim, no restaurante Chilango. Mãns a matéria que eles fizeram não foi pro ar esta semana, ainda.
E se não for, e ficar engavetada (o Pãnico na TV tem matérias engavetadas, como as protagonizadas pelo Gluglu Japonês e pelo Marcelo de Senna, ex-Pânico do rádio), então… temos imárrenes que ninguém tem, ahááa! Agora sim a RedeTV! vai me retribuir todo o carinho e consideração de tantos anos, quem sabe com uma dessas câmeras em alta definição, tô precisando de uma e não tenho carro pra vender pra comprar uma delas…… .
Mas vamos ao Pânico de hoje! Rapaz, que programa longo…

Christian Pior “Se corta, bem!” começa em mais um evento Classe A, entrega de prêmios da APCA. Logo de cara, entrevistando a sacred monster do teatro, Sérgio Britto. Pior não faz jus ao sobrenome e é elogiado por Lilia Cabral. Geovana Tominaga já está virando arroz de phesta do Pânico… Ele discute com outros atores o chamado beijo técnico. Cássia Kiss e José Wilker passam batidos pela equipe. Mas Gianechinni fala com Christian! Como diz a Chiquinha: “Aprende!!” Os entrevistados opinam sobre quem seria a mulher do ano, Michelle Obama, Dilma Rousseff ou Geyse Arruda.

Marília GabriHerpes na área. Mas, peraí, ela está diferente…. Ela entrevista o Prefeito Kissab, Pai Galo (pai-de-santo, de verdade, aquele que diz “Mentalizei!”), Ronaldo Phenomenon dividido entre Corinthians e Flamengo. E a Bombom! Opa, essa é pesada demais pro horário – e tem um humor interno, ela tem “Negrescos” em locais estratégicos – essa a galera que ouve o programa de rádio já sacou. Lula aparece depois do caso do palavrão – depois do F%der a Vida, agora foi o presidente de verdade -(e não é aquele vídeo em película que vazou no YT, dele dizendo “Manda essa imprensa embora, p%$ra!”) Pai Galo dá uma de empresa e fica Incorporated, podendo assustar os mais desavisados, mas eu, que já vi aqueles programas da Record de madrugada, entendi tudo. Váyate en el nombre de Jesucristo. Esse final eu não achei engraçado. Durante todo este quadro, Marília GabriHerpes foi interpretada com maestria por Daniel Zukerman. Ainda o veremos muito nesta edição!

The Mij & the Beach! Animais não muito grandes, mas que assustam pelo inesperado: iguanas. Ou calangos, sei lá, não entendo direito. Iguanas, que eu saiba, não phazem nada. Valeu por não ter sido mais um “OM&OB 4girls” de novo again outra vez, já basta a Dani Bolina regurgitando todos os programas e o pessoal da Xurupita’s Farm.

Arena Gladiator é um merchandising safated & picarett, mas esta edição talvez você queira assistir. Eles mostram erros de gravação do quadro. Também tem entrevistas com os perdedores, que acabam tendo um desfecho inesperado. E lembre-se: Guaraná é Dolly, o ponto mais alto em café.

Musa da Beleza IntériorrrOu quase… Melhores momentos com Vesgo, Polvilho e Silvio. Na verdade, passando às vezes bem longe das  musas. Tem até algumas musas da beleza exterior, mesmo. Tem uma conversa “por telefone” com Vesgo & Sylvio que vai deixar muitos adolescentes ligadaços.
E uma versão bem exclusiva de “All the single ladies”. Vem cá, o cara que faz o videografismo do programa já soube que a Samambaia não faz mais parte do Pânico?

Sabrina Sato Rahal foi escolhida a personalidade do ano na TV pela IstoÉGente. E foi anunciada pelo Carlos Tramontina!! Ela mesma cobre o evento, entrevistando outros premiados. Outras pessoas premiadas foram el Président Lula y Ronaldo Nazário, o original. Zina ganha um salve, vejam vocês, de Aécio Neves. Cesar Cielo tenta tirar a limpo a entrevista com perguntas editadas que ele deu à Sabrina. Ao fundo, um sósia de Alfinete.

“Quando você foi comprar as Casas Bahia, você perguntou – Quer pagar quanto?…”
Sabrina Sato, entrevistando Abílio Diniz (dono de 3/4 do Brasil e ninguém reclama nada)

Ela pergunta à Guido Mantega sobre Marina e até mesmo sobre A Fazenda – ele é Ministro da Fazenda, mas não é isso, Sabrina! A propósito, ao final conphiram Lula hablando palavrões. Matéria bem razoável, comparada com o que poderia ter sido, valeu – sobretudo por ter dado uma pausa em Brasília.

Pânico Delivery ao Cubo. Não, telespectador, você não está bêbado. Como diria o Avallone, não apenas um, mas dois breako do volante, irmãos gêmeos, empresários do setor agrícola. Eles tiram uma com os affairs de Dani Bolina e Nicole Bahls. Aliás, Dani inaugura a “versão de baixo” do gesto do Ceará ao som de banjo. Opa, hora da larica, e a iguaria, em homenagem ao nosso blog, se chama JáTV! (zoei), uma mistureba de várias comidas em lata. A mistura, aparentemente comestível, derruba todo mundo, ou quase… (e tem o Dumbo Restaurantes vindo aí, mais tarde.) E a matéria termina de forma, digamos, bem úmida….. E mórbida. Eles descobrem que um passarinho se aphogou na piscina onde eles entraram…. blëargh
“Deu um p#@%$ trampo, nunca mais quero pegar gêmeos na minha vida!”

Forrest Quiz – Uma nova dupla no ar: César Polvilho – sumido faz um tempão, ofuscado pelo brilho de Freddie Mercury Prateado – e a novidade, Charles Henrique “Wikipédia” – o phiguraça que está na Xurupita’s Farm, a qual veremos já járghs. O cara começa destrinchando a carreira em novelas globais de Letícia Spiller, surpreendendo a própria. E por aí vai. (Aliás, palmas pra ele, eu tenho memoria boa pra datas que me interessam, mas entre 1999 e 2001 embola tudo, é muito dígito repetido… mas ele não, ele sabe tudo.)
Até a extensiva carreira de Marília Gabriela (a sem herpes) não é desafio para a memória de Charles Henrique. (Só uma coisa: esta matéria parece uma versão um pouco mais animada do Memória Globo , é um festival de logotipos em plena emissora rival que deixaria o seo Roberto Irineu contente da vida.) Ah não, PUTZ, dizer as novelas de Suzana Vieira desde Anjo Mau em preto e branco já é demais!… Chamem os Mythbusters!

O Fã. De visual novo, pra não ser manjado pelos artistas. Ah, gostei dessa: o DJ Zé Pedro deu um autógrafo, mas como foi chamado só de “DJ”, zoou e assinou outro nome… Além dele, uns artistas recordais. Não sei por quê, eu senti ele meio contido, desta vez.

Vesgo e Silvio de branco na festa de Luciano Huck, na festa de 5 anos do instituto Criar, criado para manter pessoas como eu fora do mercado de trabalho broadcast, mas aí é outra história. Logo de cara eles se deparam com Daniela Cicarelli, mas, milagre… resolvem zoar a boca da apresentadora. Alívio geral na redação.
Os integrantes do NX Zero resolvem zoar Vesgo & Sylvio de volta inventando novelinhas por conta própria, esses meninos vão longe. Opa, Sandy Léah and D. L. Junior, ainda existem?
Desta vez Cláudia Leite não corre do Pãnico. E, opa, o futuro rival e o ex-patrão de Vesgo, Marcos Mion!!! Esta matéria tá boa, um monte de ex-desafetos. Até Luciano Huck fala com eles. No entanto, Jesus Luz corre, enquanto tenta se esquivar de Oscar Filho, do CQC (bem, hoje poderemos tirar essa dúvida). Cláudia Leitte se mostra fera no improviso e lança um nuevo sucesso, ou não.

OPA, qué isso?! 5 Maneiras, depois de 3 semanas fora do ar?! Desta vez, mostrando dicas de estátuas. Bola enfrenta alguns dos desafios que assolam as estátuas que ficam em locais públicos. Uma edição meio voltando às raizes de Jackass brasileiro desse quadro aí, featuring subprodutos caninos e insetos asquerosos. Diretor Bolinha está sádico neste episódio, e se mostra um especialista em inseptos. Rapaz, eu sei o que Bola sentiu, certa vez eu fui mordido em um dedo da mão por uma formiga vermelha, não consegui dobrar o dedo por algumas semanas… Era UMA, imagine o número que ele pegou… Enfim, Bola continua pagando seus pecados – com direito a algumas edições engavetadas, ainda. Parabéns, Bola, eu no teu lugar já tinha pedido um café e a conta. Quanto será que o Bola está ganhando? Será que ele ganha mais do que a Luciana Gimenez? Ou eles pagam em chocolate?…

Amaury Dumbo – Sinuca Beneficente, com um momnte de pessoas phamosas. Freddie Mercury Prateado apronta várias de suas estripulias com seguranças, mas vamos ao evento. E o jogo deixa as pessoas bem-humoradas, Rubens Barrichello falou com Amaury Dumbo!! Possivelmente pela última vez, mas quem se impuêrta? (Aliás, ele nem notou que o Carioca, que é o Amaury, era o “Rubinho Chorão” que ele evitou há algumas semanas!) Freddie Mercury Praetado vira giz de taco de sinuca… eca!
E tem a hora da gastronomia! Desta vez sobremesa, com Milkshake Árabe, que derrubou Carioca no primeiro gole!!
PS: O Amaury Dumbo tá fazendo sucesso, hein?… Estive em uma festa com pessoas todas acima de 30 anos, e várias das músicas da trilha sonora eram desse quadro, como Trouble, de Lindsey Cunningham, tema dos presentes do Dumbo Eletro.

Xurupita’s Farm, episode four. Depois de um mega trailer, cheio de “bosque”, como diria o Emílio, revemos a eliminação de Homem-Palha (who?).  O episódio de hoje tem o mesmo elenco do outro. O lance é o seguinte: durante esta edição, um outro quadro do programa, que andava adormecido, vai ressurgir das cinzas e finalmente realizar uma missão que eles deixaram pendentes. Mas desse jeito não vale!! Sobretudo porquê seu protagonista já interpreta um dos XFFs. Ah, eles começam a missão ao som de uma música bem sugestiva…

“Daqui pra frente, nós vamos… é… nós vamos…” – Charles Henrique “Wikipédia”

O pessoal está tão baratinado que eles reprisam o “Onde está o Repórter” da semana passada sem dó nem piedade. Ah, vocês devem estar pensando que só tem uma festa na Xurupita’s Farm. E nesta edição, descobrimos que só tem essa mesmo!! Opa, e começam insinuações cortando para o mesmo lado: Noƒaaa e Garoto Xuxa elogiam o Diretor Bolinha não por sua obra televisiva, e Marlene Mattos faz uma proposta indecente para as Garotas-Tarja, um teste de vídeo sem filmadora, sacumé… Diretor Bolinha, em off, sacaneia os participantes – ele tem know-how pra isso.
E aquela missão à que nós nos referíamos é consumada. Ainda bem que o Pânico não censurou a si próprio, era só o que faltava. E dá-lhe Porteira de Voz. Xupla vai atender o Big Fone. Quer dizer, ao menos essa era sua intenção.
Chegamos ao paredão do programa. Assim como o restante do quadro, ele tem um desfecho mega-inesperado. Que tem a ver com salves, mas não são os do Zina….

De seis para meia dúzia. Alfinete e Zina estão no Rio de Janeiro, Zina manda seu apoio à torcida rubro-negra, e chega Muricy Carioca como contrapeso. “Ão, ão, ão, o Zina é do Mengão!”, dizem.
Zina está bem humorado (Deus é pai) e aborda os jogadores. E claro, manda salve pra meio mundo, e também
Opa! Eles encontram Milton Leite, que desconversa ao tocar no assunto Rogério Ceni, que ele disse em off que era “chato pra baralho“, em um vídeo que foi para o YT.

“Toda semana cê cobre ele [Galvão Bueno]!” – Muricy Baralho
“É, quase toda…” – Luís Roberto

No Show do Intervalo, Zina dá um… show do Intervalo. Eles também entrevistam dois jogadores do Flamengo que foram vértices de um triângulo amoroso com a cantora Perlla (a brasileira). Zina canta Beat It com coreografia da Carmem Miranda, sei lá daonde ele tirou isso. E muito mais. Matéria até que legalzinha – comparado ao que eu presenciei

Merchãs, Panicats rebolando mais tempo do que o usual, comerciais – alguns com OSD na tela, e termina mais um Páááánico na TV. Um programa… sei lá, o quê vocês acharam? Teve seus pontos altos e seus pontos baixos. Um salve pra Rede Globo, que mudou o horário do Didi e me fez gravar o Geral.com, uma série que reflete um mundo de jovens que não existem, da mesma forma que Malhação. E semana que vem, ou não, o encontro de Zina com o universo CH!

Pânico na TV 29/11: um domingo no parque!

O programa começa diferente, apresentado por ele mesmo, o Narrador da Sessão da Tarde… O pessoal aprendeu direitinho no último workshop da Salt Cover, hein? rerere

Merchãs á granel. Ué, Ivete Sangalo é exclusiva da Globo, pra ficar em off? E pra quem não acredita, eles repetem no intervalo comercial. Opa, Super Casas Bahia, já estava sentindo saudade de vocês! E a Suzuki adquire à horrenda mania do “consulte-nos” no lugar do preço, ou seja, a moto está cara pra k7. Próximo!

Meda! Com o hedonista number one da RedeTV! em eventos só com Classes AAAarghs. Na festa de Ana Hickmann… opa, qué isso, jogaram ovo no Pior? Deve ser o pessoal dos Legendários.  Já na festa de Álvaro Garnero, ele se pergunta por quê os convidados comprariam e assistiriam DVDs para ver o mesmo viajando. Ué, eu já cheguei a assistir o Athaíde Patreze pelo mesmo motivo. O cara era um quase guia turístico eletrônico! Mas Pior diz que o DVD dele parece um tapa na cara do pobre… Quase: as viagens dele mesmo e de Robaldo Ésperman, ano passado, também foram mais ou menos isso.
Mudando de festa, lançamento de livro de Lucília Diniz, repleto de phamosos ou ricos, ou ambos. Pior pergunta às celébretes, que produtos elas venderiam usando a própria imagem, assim como os donos das três festas desta matéria? É, mais uma matéria social do Pânico.

– PUTZ, já?! Sabrina vai ao seu terceiro lar, Brasília, perguntar que história é essa de Lula receber o presidente iraniano Ahmadinejad (ou “Ame a Dilma Já”, sei lá…) Aloízio Mercadante se sai bem na pergunta. OPA, qué isso, Sabrina não tem noção do perigo e entrevista Eurico Miranda! E Mr. Edward Azered também! Intercaladas com algumas curiosas imagens de Lula só de bigode. Mais uma pergunta: você passaria as férias no Irã? Opa, e mais uma defesa de Arthur Virgílio, que não é goleiro, mas se defende muito bem.
Arena Gladiêitor, mais conhecido como curso de apresentador de programa para Vesgo & Sylvio. Aliás, luta de primeira, com Michel Serdan! E lembre-se, Guaraná é Dolly, o nosso magazine!

Marília Gabi GabriHerpes!! Aêe! Nesta edição só duplas: Presidente Molusco & Presidente Ahmadinejad, Tucano Huck e Homero Símpson (hein?! tem certeza?) e Robário levando GabriHerpes às nuvens.
Pra quem não entendeu, a outra dupla satiriza o entrevero entre Luciano Huck e Homero Salles, diretor do Gugu na Record. Sensacional! Só poderiam ter desenvolvido o quadro um pouco mais – mas, se eu conheço este programa, semanas que vem poderemos ter sobras de gravação.

Musa da Beleza Interior com Vesgo & Polvilho, mais uma vez azucriando the Wonder City. Começando com… sei lá, o cantor daquela música “Lonely, I am still lonely…”?
Enfim, mais um quadro de temas variados, bordões e vinhetas à granel, algumas que eu “no conoco”.  Qué isso, um exilado vietnamita de dreadlocks?! Que logo engrena um funk que embala a galera. E uma pequena novelinha mandrake, em mais um mega-patchwork de piadas.

Tomate Sérgio Mallandro Vesgo & Sylvio Saints no Aniversário de Vera Fischer.  Com direito ao restante da família e Isabelita dos Patins!! Opa, perigo no ar, Victor Fasano entrando deitado no taxi… E José Wilker em um dia ruim.  Ao contrário de Miguel Falabella, com mais phama de mal humorado do que ele… e que surpreende, mostra que é um ator pra valer, tascando um selo no Sylvio, ôeee! E Vera Fischer, Justus acaba dando uma de Coleção Ivete Sangalo da Riachuelo. O final é pura homenagem à aniversariante, e eles pegam pesado…

O Micto & o Bicso. Hora de música grega e de… sapos! OPA, olha aí o que eu comentei semana passada, eles também deixam os rapazes em pânico, pensam que todo mundo é que nem os Batutinhas, que brincavam com sapos quando eram garotos? Eu talvez tenha visto um a distância no Horto Florestal e olhe lá. Certamente a minha reacção teria sido a de imitar o protagonista do quadro a seguir! Parabéns produção do Pânico e obrigado pela audienciammm!

O Fã – o vocalista de heavy metal dos mil ídolos desta vez azucrina Nando Reis, Caio Blat, Júlio Rocha (coëm? Aliás, quanto mais anônimo, mais phestejado pelo Fã). Ah, além do casal Otaviano Costa e Flávia Alessandra.

Amaury DumboFreddie Mercury Prateado na festa do artista RedeTVal Suplaaaaaa, com direito aos parentes dele que todos nós conhecemos. Bem, ecseto a esposa de Mr. João Suplicy, Maria Paula, que está cuidando dos cassetinhas, digo… Eles brincam com as ajudantes de palco do Brothers.
Patrícia Coelho canta uma letra surpreendente para mais uma coreografia de FMP. Que parte para cima de mais um segurancça e… OPA! Um reencontro inesperado acontece, um dos seguranças é ele mesmo, Toninho! Bem, ele acabou falando mais do que Marta Suplicy, mas enphim… Opa, Seo Eduardo! Vem comigo! Makelelê Prateado só aparece agora, atrasou?…
Opa, hora da comidaaaa! Pra você que está com fome mudar de idéia, uma receita com 4 queijos e espag… hã… produção, esqueceram de desligar a espaguete! E o resultado não poderia ser outro, PERFECT!
E os presentes também chegam – um deles, engraçado, eu quase comprei um dia desses, lá na Só Isopor! E hora da bebidaaaa: com Ypir&ca, a paixão nacional brasileira doB !!

– Gracinha! Hebe Camargo e o drama da renovacção de seu contractum com el SBToca. Vesgo Catchup e Web Camargo (em um raro papel de Ceará sem dentadura) entram em cena para azucrinar SYLVIO SANTOOOOS original, na entrada do salão do Jassa! Com participações especiais do Editor de Imagens, cansado de consertar as kg@$#% dos apresentadores na edição. Não sei por quê, mas entendo perfeitamente esse cara…….
Web Camargo aproveita para mostrar os ritmos do verão(PS: Atenção, Hamilton KK, José Marques Neto e EdmilsonSBT: e aquela história que tinha, por volta de 1991, da Hebe ficar dançando feito uma profissional no palco, ritmos como lambada, que diziam que ela usava uma dublê, era verdade aquilo?…)
Silvio, como sempre, só dá entrevistas com seu penteado de pessoa jurídica (com seu cabelo de Senor Abravanel ele só dá entrevista pro Danilo Gentilli) e já sai falando das suas, elogiando a performance de Ceará como Hebe. E por aí vai, sabe aquela revista Contigo de 2003? É por aí… a julgar pelas coisas que ele fala do Gugu (sacanárre que isso foi logo hoje que o Gugu não apresentou o programa devido ao phalecimento do sr. Augusto Claudino Liberato, pai deste, aos 88 anos, vítima do Mal de Alzheimer. Hoje, o Programa do Gugu só teve quadros gravados apresentados por locuções em off, sem palco.) Mudando de canal,  Vesgo Catchup pergunta qual será a próxima marchinha de carnaval de SS. Eles sugeriram “Sai pra lá, sai pra lá”…
E Silvêra se surpreende com o “contrato”… Ah, Vesgo y Web aproveitam para cantar parabienes para o apresentador – da última vez ele não gostou, eles foram lá em Celebration. CARAMBA, o Silvio ainda tem aquele relógio?
Enfim, bela matéria, gravada logo no dia do meu aniversário. E Web Camargo aproveita para também mandar seus salves! Assim como o protagonista da matéria à seguir…

Zina, Sabrina y Alfinete invadem um parque de diversões que eu nunca vou descobrir que é o Playcenter. Zina aproveita para lançar bordão novo…. esse vai pegar. Se o zôo da semana passada estava fechado, o parque desta vez não está, e Zina faz um sucesso tamanho que fica assustado. A segurança do Pãnico sofre de novo. Mas Zina agradecce a Deus pela fama.
Zina revela algumas semelhanças com Cascão: os dois tem medo da chuva – o que teve mais em São Paulo esses dias. Zina apronta, inclusive, com o sistema de som do Barco Viking.
Mas  Zina se buerra de medo de altura na roda gigante (imagine se ele fosse na London Eye… bom, ele imaginou). Show do intervalo!
Opa, Zina não gostou da prova da F-Indy em São Paulo, qué isso, Zina?!…
E chega o medo: Castelo dos Horrores!!! E desta vez à sério (teve uma matéria que eu morri foi de rir, a do aniversário da Hebe, que Cláudio “ET” Chirinhan era uma das “atrações” do castelo…) E se numa simples roda gigante, Zina já estava com medo, imagine no Castelo de los Hórrrors. Como diz um conhecido cineasta brasileiro,Você, você e vocêêê… não imaginam o que vai acontecer, liguem as luzes da salaaaa…
Nunca vi o Zina tão assustado quanto nessa matéria. Pô, tem uns ambientes meio aparentados de Resident Evil nesse castelo aí. Enfim, eles se borraron de miedo. E como resultado de su valentia, Zina ganha uma mochila muito especial!

– O QUÊ? Xurupita’s Farm chega ao capítulo 2, para desespero de seus participantes! E até do apresentador, que revela qual é a real do reality. Só aí já dá pra começar a rir.
E as garotas limpam de novo os detritos, com uma novidade: uma corrida de 100 metros de b@#$ rasos. Os perdedores tem que fazer um castelo de b@$%… BLERGH! Desconfio que tem sobras de gravação da semana passada… Opa, eu disse Bleargh? È porquê não tinha visto o Zina no almoço, de trás pra frente!
Enfim uma prova um pouco menos adubativa: tirar leite das vacas. Ué, Alfinete também está no reality? OPPAAAA, que quéisso, Zé Bonitinho da Xurupita, assumindo aquela  música portuguesa? Enquanto isso, Piu-Piu é assustada por um… hã… sei lá, vai que aprovam o PLC 122 e eu vou preso! Deus me livre y guarde.  Mais uma vez, é um monte de cenas que acontecem que nem as de um reality show como os que têm por aí. Como não assisto o original, não sei se as situações são baseadas na Phazenda.
Garoto Xuxa acaba virando o “Sônia Abrão” da turma… E quase rola briga entre Xupla e Maicou Jécso da Xurupita! Mas que dá origem a um jogo de intrigas que pode separá-lo de Zé Bonitinho da Xurupita. Rapaz, parece reality de verdade… E temos mais um eliminada, ou uma eliminado, sei lá. Enfim, it’s Xurupita’s Farm, mané! E se bobear, semana que vem tem (mais, em francês – tá, horrível essa)!

Clube RedeTV!. Me sinto culpado pela sua existência… será que eles estão lendo este blog?… Acho que estão.

– E termina mais um Pânico na TWilson. No final, uma cena rápida quase resume a proposta do programa: um adolescente de aparelho meio que imitando aquele personagem do Tex Avery que uiva sempre que vê belas garotas, contemplando provavelmente Nicole Bahls de costas para a câmera. Espero que ele tenha mais de dezoito…

A poprósito, parece que o fim do ano está chegando pra valer: os quadros 5 Maneiras, Pânico Delivery e O Impostor não deram as caras neste programa. O primeiro, incluisive, parece que não volta em 2010, segundo inphormação do inenarrável diretor desse quadro via Twitter. MÃNS, consultando o pequeno pássaro azul agora neste momento, parece que o Dicas que ia ao ar hoje não foi exibido, seria Homenagem ao Pânico parte 2. Quem sabe semana que vem, ou se bobear, no site da RedeTV!, se o estagiário for cêdeèfe. Valeu, gente!