Arquivo da categoria: revolta

Pânico 15/11/09: “Dar porrada” não é mais tão engraçado quanto já foi antigamente

Neste programa, aconteceu de novo: eu programei o videocassete só pra gravar o Didi (it’s the Didi, stupid) e achava que iria voltar pra casa à tarde para programar o Pânico. Mas não voltei, tive de ficar direto no servicçcço e só pude assistir de O Impostor(*dá play em sua música mega-favorita  de todos os tempos no Winamp só pra relaxar*) em diante.
Então, a partir de agora, com o auxílio do portal RedeTV!i, mais uma vez, o que rolou no Pânico na TV. Por isso, as matérias não estão na ordem. Continuar lendo

EPA! Isto não foi pro ar…

Começa a ficar um pouco difícil a vida de Zina. No último Pânico ele ficou solenemente de fora de um evento oficial do Corinthians. Rendendo – melhor dizendo, pouco rendendo – uma das matérias mais fracas do último programa.
E agora, segundo informa Fabíola Reipert, o filme dele está ligeiramente queimado na CBF, à nivel de Jorge Kajuru Platinum Plus, digamos assim.
Primeiro, Zina xingou Adriano, que quase partiu para cima dele tal qual o imperador romano faria com seus legionários. A equipe acabou expulsa de Roma, digo, da Granja Comary.
Depois eles voltaram, mas Zina acendeu um cigarro dentro do restaurante do mesmo local e por isso foi posto pra fora do restaurante.
O Pânico na TV não está mais sendo credenciado à acompanhar a seleção brasileira de futebol.  (selecinha: Sandálias pra vocês! E não é Rider!)
Diante disso, é provável que o papel de Zina seja bastante reformulado no programa.

Pânico na TV: Deve ter sido campeão de audiência

Cês não sabem a trabalheira que isso dá!Porquêah? Intuição nossa… Vamos agora ao que rolou no Pânico na TV de 4 de october de 2009. Não acredito que isso seja exclusividade deste blog de Merlin, deve ter mais alguém resumindo o programa, mas vamo lá, hey-hey hey, vamo lá!

– Começamos a fita com o treinamento dos “não-lutadores” Cláudia Gadelha e Diretor Bolinha. Por quê?
Tudo anda bem, até que Diretor Bolinha, durante o treinamento, passa por um momento “Cara, quebrei o pulso!!!”. E adentra o palco de tala no braço.  Há uma desconfiança de que a luxação no pulso seja um migué para ele não lutar hoje. Mas ele jura que é verdade, e que até quinta o braço já estará melhor.
Guaraná, the Series… Mas é o último episódio, com participação de Ronaldo Phenomenon. Se você ficou curioso, veja o site ophisial da saga, com direito a um episódio bônus.
O Fã! Atormentado por suas emoções, ele aborda Juliana Alves (cacetada, essa tá em todas), Luís Ricardo (aquele mesmo, do SBT) e Amin Khader. Este levou mais do que na esportiva, rolou de rir com a performance do seu fã ‘misterioso’ (que já já vai ficar manjadaço assim como el Impóstor)

Freddie Mercury Prateado faz sua estreia no estúdio, pra fazer o merchã de um novo lançamento dos Chiclets Adams, uma caixa prateada como ele, e com uma pequena missão. Sabe o “Venha Baiano”? Aqui ele será aplicado ao Bola. Taí, um merchã tão criativo que eu assisti em tempo real. O quê, intervalo, já?… Quem diria, um intervalo proporcional, estilo Rede Globo!
(A RedeTV!, no programa Tarde Quente, criou o “intervalo exponencial”, no qual os blocos são divididos em progressão geométrica até ficarem cada vez maiores ou cada vez menores – exemplo: 25 minutos, 5 minutos, 2 minutos e meio. Pra dar mais audiência, coisa que eles andavam precisados na época. É claro que os anunciantes “adoram” isso…)

Meda! Christian Pior (o Repórter Soda, só dá ele) no prêmio Comunique-se. A poprósito, ele aproveita para deixar escapar que renovou o contrato com a RedeTV!.
Logo de cara ele alopra com o casal Ernesto Paglia e Sandra Annenberg, nunca aloprados antes na RedeTV!. Cenas inacreditáveis, como Christian, Cid Moreira, e atrás algum jornalista fazendo a Dança do Siri (pensa que eu não notei, colega?…) Ah, cenas bonitas de Sâo Paulo… E um desfile de jornalistas de primeiro time. E apresentadouras, também. Respondendo à questão levantada pelo Christian: Márcia Goldschmidt e Sônia Abrão são jornalistas, sim, com MTb e tudo! E uma acalorada discussão a respeito da obrigatoriedade do diploma para o jornalismo. Muitos são contra, outros são à favor! Taí uma das maiores polêmicas que eu já vi no Pânico.
Estreia de um bordão novo: “Um passo à frente pra quem mora bem!” Enfim, uma matéria très chic que enfim deixou Christian feliz feito un poussin à la poubelle. E  mais um intervalo proporcional!

– Mais comerciais intermináveis, mais merchãs… E um quadro ecológicamente correto… e reciclado. As Olimpíadas 2008 voltaram travestidas de Olimpíadas 2016, matando preciosos minutos de pogramação inédita-lhes. Inclui o Kung Fruta, que foi a segunda participação do hoje “O Fã” (a primeira era um quadro de luta de peixes na praia, no começo de 2008, em um programa que o pessoal achou muito ruim).
Se você nasceu em 2008 ou 2009, o quadro lhe parecerá supimpa. Espero só que, se ainda haver programa até lá, que eles aprontem pra caramba. OK, o quadro em si é sensacional, o que me incomodou foi só a mega-reprise.

Pânico Delivery. Bola, Juju e Dani Bolina passam na TV um web hit do momento, a história do cara que estava bêbado e quebrou o dente e ficou triste por causa disso… Não entendi o lance da mulher casada (que maquiagem de defunto é essa?!) que passou cantada em Juju… Mas enfim, bamos à el borracho da semana. O desta semana é meio bravo, ele se recusa a admitir que está bêbado (algo relativamente comum entre los mismos). Ambas as apresentadoras passam por problemas naso-estomacais, ainda mais quando elas precisam comer escargô. Gente, que sujeirada, vão precisar arrumar outra empresa de aluguel de limusines. Um quadro nojento, mas é um nojo não escatológico, como o da semana passada, é estilo Phil & Lil dos Rugrats, então passa.  E Dani Bolina inventa o “Saquinhoooo…” (Essa é uma boa pra fazer com aquelas celébretes cheias de nove-horas, principalmente depois que o Pânico contratar como advogados Márcio Thomaz Bastos e Luiz Borges D’Urso, mas vamos em frente.)

Esse cara do vídeo do YT vai participar já já de outra matéria, e semana que vem, ele mesmo participará do Pãnico Delivery. Ele já participou do Pânico da Jovem Pan (para desespero de um fã do programa, que havia sugerido a participação do Jovem Nerd).

Sabrina Sato BSB version. Desta vez, perguntando questões do ENEM para os senadores e deputados. Ou seja, muito mais gente, já estava decorando os nomes dos nossos qüeridos senadores (se bem que tem vários que não apareceram ainda.) Entre as questões algumas pegadinhas, rááá! Rapaz, matéria até que divertida desta vez, o que não é comum. Bem, os fãs do Pânico do rádio agradecem.

Amaury Dumbo volta à Oktoberfest, desta vez sozinho (ele veio pela primeira vez com Christian Pior, no ano passado, antes de ter quadro fixo). Ele mesmo define: “Estou no meu Vaticano!” E, com um convidado especial: o Dentinho, do YouTube! Quer dizer, temos matérias fora de ordem neste programa. Matéria não, uma ode aos derivados de cana de açúcar e trigo.
Amaury arruma confusão ao mostrar, em um IPhone, fotos que uma pessoa no meio da multidão tirou do jeito que estão as “repórteres” de outra matéria mais adiante. Freddie Mercury Prateado continua com suas provocações de quinta categoria (já já o cara recebe uma carta daquele pessoal que faz uma passeata por aí, com uma bandeira de arco-íris, manja? Pois é…)
Dentinho está mostrando ser mais um bebaço do que um comediante, ao contrário do Zina. E uma singela homenagem aos seguranças. Muito G-Rock (G de German, não tem J-Rock?) E claro que não podia faltar o Chopp de Metro. Freddie Mercury tenta fazer um mosh, mas acaaba tomando um corredor polonês (ou um corredor germânico, enfim.)
Ah, e algo que não tinha no ano passado, a Ypiruêca, que os Oktoberfesters também provaram e aprovaram, exclamando os nomes dos integrantes da Santíssima Trindade. E vem aí mais um bordão: “Cadê meu cinto?…” Rapaz, uma boa matéria, talvez devido à ausência de celébretes de mau humor.

– MAIS UMA festa de cinema, Vesgo de novo em seu look sachê de catchup maldito e Fausto Cinta, que mais uma vez ninguém reconhece. O pessoal tá bem informado, eles sabem até quem é Roberto Bolaños, mas não sabem o nome de alguns atores que por lá estão. E eu falei que José M. Marins iria tirar satisfaçãs com Vesgo, rerere. Opa, qué isso, sobras da semana passada, com o “Chocolate New Generation”?  E, atenção, erramos: AGORA SIM, neste OUTRO evento, Renato Aragão baixa as calças de Fausto Cinta. Eram dois eventos no Rio de Janeiro com o mesmo tema, que talvez por conta disso, eles tiveram na cobertura os mesmos personagens com o visual idêntico ao do outro.
Um momento mágico: foi possível imaginar o dia em que Renato Aragão for um contratado da RedeTV!… (Vai dizer que você nunca sonhou com Xuxa no SBT, Galvão Bueno na Record, Cascão como Escoteiro-Mirim, enfim, você nunca sonhou com um mundo diferente?…. rerere, Voltemos ao Pânico)
Vesgo relembra cenas de pornochanchadas – gênero no qual foram lançados muitos atores e autores famosos de novelas que tem por aí – Sílvio de Abreu é um deles (e em homenagem a esse gênero foi criado o quadro Hermes e Renato do programa homônimo).  Cláudio Manoel (o Seu Creysson) mostra intimitê com o assunto. Eles aproveitam e improvisam uma entrevista de Marília GabriHerpes, dublando a conversa de dois desconhecidos (a garota parece a atriz Gabriela Alves). E, aliás, uma boa dublagem, padrão Tela Class de qualidade!  E um importante recado de Elke Maravilha para o Serra, se eu fosse ele, assistia o Pânico na sexta…
Rapaz, boa matéria, este programa está surpreendendo. Apesar do visual de sachê de catchup do Vesgo, que me incomoda sobremaneira. VOLTA, SÍLVIO!

O Impostor, que não apareceu semana passada, ataca no VMB Brasil, usando de novas estratégias. Desta vez, será um emissário dele que vai invadir o VMB – ele está manjadaço por todos os seguranças do evento. E esse emissário tentará chegar perto de Ja Rule. Além de outras sub-missões, como eles aparecerem no link da MTV. Há um ditado milenar, (cunhado em 2006, quando eles andaram bulindo com alguns sites por aí), que diz que “todas as sacanagens do mundo com a MTV não serão suficientes”...   Rapaz, episódio eletrizante do começo ao fim, parabéns Team Impostor, continuem impostando!

Alfinete, Sabrina e Zina no aniversário de 99 anos do Timão y Pumba, vulgo Sport Club Corinthians Paulista, o Amado das Multidões.
Cacetada, MAIS UM EVENTO que não é de manhã, é de noite, e ainda assim o Zina está sonado! Não é que nem eu que fica escrevendo em blog as 1 da manhã…

“Engraçado que com os outros ele tem uma paciência, né, meu?” Alfinete, ao acompanhar o ministro Orlando Silva, dando uma longa entrevista para a Record

Alfinete é destratado pelos seguranças de duas autoridades não-Lulísticas de São Paulo quando começa a fazer perguntas capciosas.  Descupa aí, Nizan Guanaes, mas já sei em quem votar no ano que vem. E não adianta botar aquelas garotas propaganda de olho azul, nem o Ferreira Martins narrando, muito menos a Valéria Monteiro! Pode até me convidar pra apostar na rinha com handicap, que eu já sei em quem vou votar!!! Voltando à vaca fria… ah, em Desconstruindo um Sono as pessoas procuram acordar Zina, até agora ausente da matéria. Zina está praticamente afônico – e acreditem, pelo simples fato de ter torcido intensamente no último jogo del Coringón.
Paula Lima comete uma gafe ao bradar de longe, pela nossa leitura labial: “Te amo, CQC!”… (Alfinete e Zina estavam de preto, e o primeiro de óculos escuros, mas até eles virarem os Homens de Preto… Marcelo Tas, o que achas disso?)
E Neto chega na área, agora sim isso aqui vai começar! Ele topa o desafio do Olho de Thundera. Zina detona no contrabaixo… acústico, e com arco, que é o de música erudita!
Sabrina mostra que realmente é a Chave que Abre Todas as Portas, e trás Andrés Sanchez pra conversar com Zina. Mas a conversa, apesar das aparências, é bem tumultuada. E olha que eles são o Pânico, imaginem se fosse o pessoal do Mídia Sem Média
Apesar do final da Sabrina à la Kari Byron dos Mythbusters, matéria bem meia sola, sobretudo pela atuação dos centro-direitistas. Como diz o meu chefe, better luck next time. Nota 3,5, vai ficar pendurado no final do ano. Gente, que tal fazer matérias com o Zina em um horário um pouco menos espartano, tipo 3 da tarde?…

SIM! Este programa foi campeão de audiência!... Pânico In Natura: Um nome criativo para a volta do programa à praia de Tambaba, conhecida pela relativa ausência de roupas de seus frequentadores. Christian Pior, Juliana Salimeni (é isso?) e Nicole Bahls entrevistam os peladex de plantão. Eu não sei por quê, mas eu tenho uma ligeira impressão de que o Pânico na TV vai ser campeão de audiência hoje

Uma primeira parte lembra a Musa da Beleza Interior (ausente nesta edição), com entrevistas mais leves, e uma segunda parte surge para desvirtuar os jovens puros de coração. Juju e Nicole surgem completamente nuas, à la Copélia Dassoin. Sendo que o, digamos, lower torso delas não é censurado. E tem gente que cruza a Internet inteira só pra ver isso…  “Aiaiai”, como diria Nelson Machado. O resto da matéria é mais pra vocês que compram essas revistas que as crianças não podem comprar…
Eu acho que bateu o Fantástico, o que vocês acham?…

[EDIT: Média de 12 pontos, picos de 18, deixando em alguns momentos a Globo em segundo lugar com 5 pontos a menos!! Brasileiro é um sem-vergonha, mesmo… Aposto que semana que vem vão voltar com a Garota do Fantástico!]

– Pessoas entram em banheiros ao som de música grega. Sim, O Mijo & o Bicho está de vuelta. Desta vez com lhamas. A situação é que, na maioria das vezes, a pessoa tem que passar pela lhama pra poder sair do banheiro. E não é todo mundo que tem coragem de passar. É o preço que a gente paga por ser filho do asfalto – e neste caso, por ignorar a cultura latino-americana dos países que nos cercam…..

Fred Mercury Prateado repete o merchã dos Chiclets. Possivelmente de graça, é que ficou uma pequena sobra de tempo, causada pela não realização da luta do Diretor Bolinha. O programa termina com vários minutos de axé music cantada pela Banda Viva Noite.
Enfim, um programa que surpreendeu. Pra mim, para o meu gosto pessoal, até alguns meses atrás, o ponto alto do programa eram os quadros fixos (como O Destruidor, Momento Amy Winehouse, Marília GabriHerpes…), e neste programa, os pontos fortes foram mesmo as reportagens. Paula Lima chamando o Alfinete de integrante do CQC não tem preço… E como pontos baixos, claro, os centro-direitistas na matéria do Zina. Fora, verde-azulados! E este foi mais um Pânico na TV! Que venha o próximo, e volta, Sílvio!!

Sacanagem: desenhos animados em baixa na TV a cabo

Deu na Pholha: Em 2008 o Disney Channel passou a ser o canal da TV a cabo de maior audiência, posição antes ocupada pelo Cartoon Network, desde 2001.

E por quê? O Disney Channel passa cada vez menos desenhos animados – principal produto pelo qual a empresa se tornou conhecida nesses últimos anos, aí… Ele vem se especializando em seriados. Detalhe: uns bem chinfrins para o padrão norte-americano, feitos em vídeo (em vez de película ou HDTV, como os que passam na Sony ou na Warner – mal comparando, é como uma novela). Mas parece que o público é noveleiro ou simplesmente não liga para essas coisas, ôee (mesmo por quê, os cenários e todo o resto são muito bem feitos, como os da Globo).

Será que já já as multidões irão aos cinemas para assistir coisas que se parecem com séries e… opa, já aconteceu: High School Musical, não é animação, mas é da Disney, e faz um sucesso absurdo, descabido, incompreensível, anticostitucionalissimatável, pneumouitramicroscópicossilicovulcanoconiível (cês devem notar que eu nunca assisti HSM na vida // Pretexto para Aumento de Comentários detected)

O que me preocupa é essa substitução dos desenhos animados por um espaço em branco. E pra mim, só há um culpado: os próprios criadores dos desenhos atuais. Tá, há Bob Esponja, mas será impressão minha ou outras pessoas além de mim o estão boicotando desde que seus vídeos foram retirados do YT?…

Em breve, pesquisa a respeito através do PollDaddy, aqui, na tela da Word.

Revelado presente misterioso para Britney Spears! Mas os fãs de BS despertam e se revoltam na Internet

Se você, assim como eu, não viu, eu também não vou dizer… então de forma nenhuma selecione o espaço em branco a partir daqui <O “Presente Misterioso”, no final das contas, era apenas uma camisa de força, e com o logo do Pânico na TV! Meio que dizendo que Mrs. Spears está com um parafuso a faltaire!>Ok, voltamos à programação anormal.
O que acontece é que os fãs de Britney Spears no Brasil detestaram essa brincadeira, no final das contas. E estão, digamos, começando a se parecer com os fãs de Carolina Dieckmann em alguns aspectos… Enfim, a galera não gostou nada desse ‘presente’. Rapaz, é um presente de grego MESMO, só faltava ser entregue pelo Takis Tsoukalas!…

Como você [não] sabe, eu não estou podendo gravar o Pânico en la Telebisión (eu tenho trabalho PESADO na hora do programa) e estou tendo de gravar outro programa em vez desse. E ainda não vi a matéria, que já está YouTubada. Será que foi para tanto?… Vamos ver, aguardemmm…

Não sou fã da Britney Spears, mas, na minha humilde, sincera e isolada opinião, o Pânico foi meio Joselito dessa vez. Sabe o Joselito, do Hermes e Renato? Por aí…
A matéria YouTubada está no site www.vesgo.com.br.

“Ele não sabe brincar… ele é… Vesgo!…”